O mundo comenta declarações da Microsoft

Categoria: Geral | Palavras-chave: Sem palavras-chave

Microsoft vs LinuxO mundo inteiro ainda está comentando sobre as declarações da Microsoft sobre a possível violação de patentes feitas por softwares livres.
Uma das figuras mais respeitadas, e também odiadas, fez alguns comentários sobre a acusação da Microsoft. Linus Torvalds foi bem objetivo. “Você consegue obter uma lista de quais são estas 42 patentes? Até lá, isso é só FUD, e não há muito que eu possa comentar ou fazer. Existem implementações anteriores? Elas são triviais e óbvias para outros técnicos capacitados? Teríamos que trabalhar ao redor delas em uma reimplementação? Não sabemos, porque tudo que ouvi até o momento foi apenas FUD.
Se a MS realmente _quisesse_ que nós não infringíssemos suas patentes, eles nos contariam. Como não nos contam, isso significa que eles realmente preferem o FUD.”. Linus foi ainda mais longe ao dizer que o Linux não teve nenhum processo de quebra de patentes mas quando se fala de Microsoft a história é bem diferente.
Além de grandes personalidades, grandes empresas também estão se manifestando. O CEO da Sun, Jonathan Schwartz, disse que ao constatar a ameaça do software livre, chegou a considerar a possibilidade de processos contra usuários. No entanto, a Sun não fez isso e resolveu abrir o OpenOffice, colaborar com o Mozilla, com o Linux e com vários outros projetos abertos, está liberando o java e já lançou o OpenSolaris. Ele diz ainda que o medo não irá reduzir o ímpeto do software livre nem parar a adoção desta solução por governos, escolas, ONG’s, universidades nem as maiores empresas do mundo. A criatividade e a motivação do ecossistema de código aberto são um gênio que nenhum processo conseguirá colocar de volta na garrafa.
A Linux Foundation também faz questionamentos interessantes: quem a Microsoft processaria? A maioria dos usuários de Linux no ambiente corporativo também são clientes da Microsoft, e processar seus próprios clientes não é bom para os negócios. Resumo da ópera: isto é algo que a Microsoft pode começar, mas ela não sabe como irá terminar.
Para acabar este artigo, disponibilizo a declaração da Novell que a pouco tempo firmou uma parceria com a Microsoft.
“‘Nós discordamos das recentes declarações da Microsoft sobre Linux e patentes. Destacamos que nosso acordo com a Microsoft não é de forma alguma um reconhecimento de que o Linux infringe alguma propriedade intelectual da Microsoft. Quando entramos em um acordo de cooperação de patentes com a Microsoft, a Novell não concordou ou admitiu que o Linux ou qualquer outra oferta da Novell viola patentes da Microsoft.’ Como dissemos desde o início deste acordo, nosso foco sempre foi a interoperabilidade e tornar mais fácil para os consumidores que têm Linux e Windows usar as duas plataformas em conjunto. O acordo de patentes simplesmente tira da mesa a questão das patentes para os consumidores preocupados com ela.”

Publicado em 16 de maio de 2007 | 3 Comentários

Ivan Brasil Fuzzer

Ivan Brasil Fuzzer

Faço parte do grupo Tchelinux(http://www.tchelinux.org). O Tchelinux é um grupo de voluntários que trabalha com software livre e ainda acredita que boas coisas podem ser feitas nesta comunidade; desde que saibamos repassar aos que estão iniciando que Software Livre é um aprender e repassar o conhecimento incessante. Sou líder do Ubuntu-BR-RS juntamente com a Marta Vuelma. Tentamos divulgar a distribuição e auxiliar novos usuários por todo o estado do Rio Grande do Sul, as vezes em outros estados também. Sou um amante incondicional de software livre. Vivo apaixonado pelo Ubuntu.

Mais posts do autor (856)

3 Comentários

  1. Andre Almeida disse:

    O que é FUD?

    E se o mundo tivesse vergonha na cara exigiria o fechamento da Micosoft ou no mínimo ninguém mais usaria qualquer produtos desta empresa.

  2. FUD: Fear, uncertainty and doubt(medo, incerteza e dúvida)
    Para quem quiser saber mais detalhadamente o significado, segue o link para a wikipedia:
    http://en.wikipedia.org/wiki/Fear%2C_uncertainty_and_doubt

  3. Outro artigo sobre o assunto que achei muito interessante se encontra no blog do Hamacker.

Deixe seu comentário

Website