Migrando para Linux(Instalando programas)

Agora que você já seguiu os passos de instalação e fez a primeira atualização do seu Ubuntu Linux, espero que já tenha tentado usá-lo com os programas que são instalados por padrão.

Se você prestar atenção verá que o Ubuntu oferece de cara, sem precisar instalar nada além do sistema operacional, uma suíte Office (equivalente ao Microsoft Office), um messenger multi-protocolo(Gaim) e muitos outros programas necessários para a maioria dos usuários. Mesmo tendo uma boa gama de programas instalados, você pode precisar de alguma coisa diferente e é para ensinar você a fazer a instalação de novos programas da maneira certa que escrevo este artigo.

Vamos começar pela maneira mais simples e que segue o modo Ubuntu de ser. No menu “Aplicações” vá na última opção que é “Adicionar/Remover…”.

Migrando para Linux(Instalando Programas)

A primeira coisa que o programa vai fazer é carregar as listas dos programas disponíveis para instalação como na janela abaixo.

Migrando para Linux(Instalando programas)

Depois que a lista for carregada você verá uma tela como esta:

Migrando para Linux(Instalando programas)

Agora clique no botão “Preferências”(a janela pedindo sua senha será mostrada por esta ser uma tarefa administrativa) e, na janela que é aberta, selecione todos os repositórios disponíveis. Passe por todas as abas e marque todos os repositórios constantes na aba “Atualizações” e clique em fechar. Este passo é para que você tenha disponíveis todos os programas de todos os repositórios oficiais, incluindo os pacotes que não são permitidos em alguna países. No Brasil você pode instalar todos os programas sem se preocupar.

Migrando para Linux(Instalando programas)  Migrando para Linux(Instalando programas)  Migrando para Linux(Instalando programas)  Migrando para Linux(Instalando programas)  Migrando para Linux(Instalando programas)  Migrando para Linux(Instalando programas)  

Mais uma janela será aberta. Esta janela estará informando que a lista de pacotes disponíveis para instalação está desatualizada, devido aos novos repositórios selecionados, e que você precisa recarregar a lista. Para este passo você precisa estar conectado a internet. Clique em “Recarregar” e espere a lista ser carregada novamente.

Migrando para Linux(Instalando programas)

Espere que a lista de pacotes seja baixada dos repositórios, isto pode levar algum tempo dependendo da velocidade de sua conexão com a internet.

Migrando para Linux(Instalando programas)

Depois que a lista foi carregada, selecione a opção “Todos os aplicativos disponíveis” no menu “Exibir”. Note que do lado esquerdo você tem algumas categorias nas quais os programas disponíveis estão classificados. Selecionando qualquer uma das categorias, serão exibidos apenas os programas, instalados e disponíveis para instalação, específicos da categoria.

Migrando para Linux(Instalando programas)

Agora que você já conhece a interface de um dos programas de instalação do Ubuntu é hora de instalar algum programa para ver como as coisas são feitas. Caso você queira instalar algum programa para determinado fim mas não sabe qual programa faz o que você deseja, você pode navegar pelos programas listados e clicar nos programas para ver uma breve descrição sobre ele. Se você já sabe qual programa quer instalar, faça como neste tutorial e digite o nome do programa no campo “Procurar:” que fica na parte superior esquerda do programa. No caso irei instalar o cliente de email “Thunderbird”. No final da pesquisa, feita pelo programa, serão mostrados os programas que tem a palavra digitada no nome ou descrição.

Migrando para Linux(Instalando programas)

Agora que o programa apareceu na tela e você conferiu que é ele mesmo que você quer instalar, marque a caixa de seleção que fica a esquerda do nome do programa para que o programa seja selecionado para instalação e clique no botão “Aplicar”.

Migrando para Linux(Instalando programas)

Uma janela será mostrada perguntando se você quer aplicar as mudanças listadas. Verifique se as mudanças são as que você selecionou(adicionar o programa Thunderbird) e se tudo estiver certo clique no botão “Aplicar”.

Migrando para Linux(Instalando programas)

Aguarde enquando os pacotes necessários são baixados e instalados no seu computador.

Migrando para Linux(Instalando programas)

Quando o download e instalação dos pacotes for finalizado, clique no botão “Fechar”.

Migrando para Linux(Instalando programas)

A lista de pacotes será novamente carregada e o resultado das ações feitas pelo programa será mostrado.

Migrando para Linux(Instalando programas)  Migrando para Linux(Instalando programas)

Se você quiser já pode abrir o programa instalado dando um duplo clique nele. Os programas instalados podem ser acessados pelo menu “Aplicações”.

Esta é apenas uma maneira de instalar programas no Ubuntu. Nos próximos dois artigos irei mostrar outras duas maneiras de se fazer a instalação. Uma delas será com o GDebi que é utilizado para pacotes .deb baixados de páginas na internet e a outra maneira será atravéz do gerenciador de pacotes Synaptic.

Artigos relacionados

Pesquisa nacional BR-Linux de compatibilidade 2007

BR-LinuxO site Br-Linux lançou hoje uma pesquisa de compatibilidade de hardware no Linux. A pesquisa é simples e visa coletar dados sobre o que funciona no Linux independentemente da dificuldade e procedimentos de instalação. Após a conclusão da pesquisa, a lista de hardwares classificados como compatível com Linux será divulgada para quem estiver interessado.

Para estimular a contribuição da comunidade o BR-Linux juntamente com Macte, Ubuntu-BR e Intel, irá sortear alguns brindes entre os usuários que participarem da pesquisa. Os prêmios setão 5 cupons de hospedagem de site pelo plano standard por 6 meses, uma camiseta tamanho G do Ubuntu-BR(eu quero essa), duas caixas de ferramentas com 29 peças, um pendrive de 1 GB(também quero), um apresentador wireless e um wireless finder.

Você pode preencher quantos formulários forem necessários mas só estará concorrendo com um deles.

Camisetas Tchelinux

Camiseta TchelinuxO grupo Tchelinux está vendendo uma camiseta com um Tux Gaudério estampado na frente e o endereço do site nas costas. O lucro da venda destas camisetas será usado para custear os eventos realizados pelo grupo em Porto Alegre e cidades do interior do estado.
O valor unitário da camiseta é R$ 25,00 e os pedidos devem ser feitos pelo email camisetas@tchelinux.org. Caso estejam interessados posso concentrar os pedidos em Erechim para que possamos fazer um único pedido com mais camisetas, o que reduz o custo de envio. Interessados entrem em contato pelo email ubuntero@fuzzer.com.br ou deixe um comentário neste artigo.

Migrando para Linux(Instalação)

  • Os passos para instalação da versão 7.10 continuam os mesmos deste tutorial.

Dando continuidade a série de artigos sobre migração de Windows para Linux, vamos agora fazer a preparação e instalação do sistema. Eu recomendo que a instalação seja feita por alguém que já tem conhecimento para isso. Se você julga ter este conhecimento então vá em frente. Caso se sinta meio inseguro, procure alguém que já tenha feito a instalação, pode entrar em contato comigo se morar em Erechim, para garantir o sucesso na instalação.

Porque estou recomendando que a instalação seja feita por alguém experiente? Porque este processo envolve backup e particionamento de disco e estas coisas não são muito conhecidas por usuários mais leigos.

Então vamos por a mão na massa. Em primeiro lugar você deve decidir se fará um tratamento de choque ou irá tomar doses homeopáticas de linux.

Independente da escolha, pelo tratamento de choque ou pelas doses homeopáticas, faça uma cópia de todos os arquivos que julgue importantes, isso inclui suas músicas e fotos. Essa cópia pode ser em outro disco rígido ou em CD’s e DVD’s. Feita a cópia de segurança de seus arquivos, vamos então obter uma cópia do CD de instalação do Ubuntu. Para obter uma cópia exitem três maneiras diferentes. A primeira é fazer o download da imagem ISO neste link e gravar em um CD. A segunda é pedindo uma cópia para alguém, algumas pessoas, como eu, possuem cópias para distribuição gratuita e também imagens para gravação de CD’s. Para usufruir da última maneira você deve parar para pensar um pouco, pois você fará um pedido para que a Canonical, empresa que mantém comercialmente o Ubuntu, mande para você gratuitamente algumas cópias dos CD’s de instalação. Para fazer o pedido entre no site shipit, se cadastre e faça seu pedido. O site é todo em inglês. Volto a repetir, só peça os CD’s se não tiver como baixar a imagem ou pedir para que alguém baixe e grave para você.

Depois de obter sua cópia do Ubuntu você precisará alterar a sequência de boot na bios do seu computador. Para entrar nas configurações da bios fique apertando a tecla Del durante a inicialização do computador. O próximo passo não posso ajudar com muita exatidão, pois as bios não seguem um padrão. Você deve procurar por uma opção de sequencia de boot e deixar o CD em primeiro lugar. Depois de encontrar e efetuar esta configuração saia da bios salvando as alterações. Com o CD do Ubuntu dentro do drive espere até que a tela abaixo apareça em sua tela.

tela-0.jpg

Minha primeira recomendação é que nesta tela seja pressionada a tecla “F2” para que seja feita a escolha do idioma. Navegue com o teclado até a opção “Português do Brasil” como na figura abaixo.

tela-1.png

Feito isto, seu menu deve mudar para o português do Brasil e ficar como está na figura abaixo. A opção de iniciar o Ubuntu fica marcada como padrão então você deve apenas pressiona “Enter” para começar o carregamento. Este processo demora um pouco porque o Ubuntu estará rodando diretamente pelo CD que está no drive.

tela-2.png

Você terá que esperar um tempo até ter uma tela como esta logo abaixo. Esta tela terá dois ícones no desktop. Em um dos ícones, “Exemples”, você terá alguns arquivos que não nos interessa explorar agora, e no outro ícone, “Instalar o sistema no computador”, você poderá começar o processo de instalação.

tela-3.png

Na próxima tela vamos começar de fato com a instalação do Ubuntu. O primeiro passo é selecionar o idioma no qual o sistema será instalado. Neste tutorial já fizemos a seleção do idioma na primeira tela do CD. Esta opção está disponível caso você queira alterar o idioma escolhido na inicialização ou caso não tenha escolhido um. Se você selecionou o idioma “Português do Brasil” na primeira tela, nada precisa ser mudado agora, basta clicar no botão “Avançar”.

Migrando para Linux(Instalação)

Na próxima tela será feita a configuração do fuso horário. Você pode escolher o fuso horário mais adequado ao local onde você mora, no meu caso é o fuso de São Paulo. A seleção do fuso pode ser feita clicando nos pontos do mapa ou na caixa de seleção que diz “Fuso horário”.

Migrando para Linux(Instalação)

Na tela seguinte você deve escolher o layout do seu teclado. É extremamente recomendável que você teste teclas como ç , . ; ? / \ | [ ] { } para ter certeza de que escolheu o layout correto. Clique em avançar e vá para o próximo passo.

Migrando para Linux(Instalação)

A seguinte tela irá aparecer até o carregamento do particionador de disco.

Migrando para Linux(Instalação)

Este é o passo mais temido e mais crítico da instalação. Eu estou demonstrando como fazer uma instalação onde apenas o Ubuntu será instalado. Não descreverei como fazer a instalação para um dual boot com o Windows principalmente porque este sistema operacional não é o alvo do blog e por ter grandes chances de algo sair errado se o usuário não souber o que está fazendo. Então faça como na próxima janela e selecione a opção “Assistido – usar o disco inteiro” e clique em “Avançar”.

Migrando para Linux(Instalação)

A próxima janela mostra uma novidade da versão 7.04. Agora é possível migrar configurações de uma conta do Microsoft Windows caso ele esteja instalado na máquina. Utilizei ela em algumas máquinas durante o FLISOL e funcionou perfeitamente. Clique novamente em “Avançar” e vá para a próxima tela.

Migrando para Linux(Instalação)

Nesta tela você irá identificar o principal usuário deste computador. Este usuário terá acesso a tarefas administrativas através do comando “sudo” no terminal e “gksu” no modo gráfico. A senha atribuída para este usuário é de extrema importância devido a ser a mesma senha pedida ao executar qualquer tarefa administrativa. Clique em “Avançar” novamente.

Migrando para Linux(Instalação)

Migrando para Linux(Instalação)

Na janela abaixo é mostrado um resumo de tudo que será feito na sua máquina. Leia com atenção os dados contidos nesta tela e se tudo estiver como desejado clique no botão “Advanced”.

Migrando para Linux(Instalação)

O passo anterior não é obrigatório mas é recomendável. Nesta pequena janela que aparece, selecione a opção “Participate in the package usage survey?” e pressione o botão “OK”. Com isso você estará colaborando com a pesquisa de popularidade de pacotes instalados. É com essa pesquisa que a Canonical decide onde irá concentrar os esforços de desenvolvimento de novas aplicações e melhoramentos em programas para a próxima versão. O próximo e último passo antes do começo da instalação própriamente dita é clicar no botão “Instalar”.

Migrando para Linux(Instalação)

A instalação será iniciad e você verá uma tela parecida com esta abaixo onde todos os passos da instalação serão descritos e uma porcentagem do andamento da instalação será mostrada.

Migrando para Linux(Instalação)

Quando a instalação terminar você verá a tela a seguir.

Migrando para Linux(Instalação)

Agora você pode escolher reiniciar o sistema e começar a trabalhar diretamente do sistema instalado no seu disco ou continuar utilizando o sistema pelo liveCD. Se escolher continuar utilizando o liveCD é bom lembrar que as alterações e arquivos alterados não afetarão o sistema instalado no disco e terão que ser refeitas quando passar a utilizar o sistema instalado. Para seguir com o tutorial escolha reiniciar a opção “Reiniciar agora”. Não esqueça de tirar o CD do drive quando for pedido.

Ao reiniciar o sistema você verá uma tela, como a que segue logo abaixo, onde deverá entrar primeiramente com um nome de usuário(o nome que você especificou durante a instalação) e logo após a senha(também informada durante a instalação). Digite os dados e pressione enter para ir para a próxima tela.

Migrando para Linux(Instalação)  Migrando para Linux(Instalação)

Com isso você estará dentro do seu Ubuntu e, se estiver conectado a internet, receberá uma notificação de que existem atualizações para serem feitas. Diferentemente do Windows que você está acostumado, com software livre, principalmente Ubuntu, assim que um problema de software é detectado e corrigido, a correção estará disponível para download. A idéia de segurança do Linux se deve também a isso. Você fica com seu programa vulnerável durante o mínimo de tempo possível.

Para começar a baixar e instalar as atualizações disponíveis clique uma vez no ícone laranja que fica na parte superior direita da sua tela.

Migrando para Linux(Instalação)

O “Gerenciador de Atualizações” será aberto e listará todos os pacotes disponíveis para atualização juntamente com o tamanho total do download necessário. Clique em “Instalar Atualizações”.

Migrando para Linux(Instalação)

Uma tela será mostrada pedindo a senha para tarefas administrativa. Digite a senha do usuário criado durante a instalação. O Ubuntu reconhece que o primeiro usuário criado tem privilégios de administrador do sistema por ter sido ele quem instalou o mesmo.

Migrando para Linux(Instalação)

Enquanto os pacotes de atualizações são baixados e atualizados você verá esta tela.

Migrando para Linux(Instalação)

Quando as atualizações acabarem de ser instaladas você netão verá uma janela informando o final da instalação onde você simplesmente deverá cliar em fechar e logo após clicar feche a janela que estava aberta anteriormente.

Migrando para Linux(Instalação)  Migrando para Linux(Instalação)

Após fazer a atualização pode ser necessário reiniciar o computador para que todas as alterações tenham efeito, principalmente se o Kernel for atualizado. Isto pode ser feito pelo menu “Sistema -> Sair” ou no ícone vermelho no canto superior direito da sua tela.

Espero que este tutorial seja de grande utilidade para você. Tentei expor todos os detalhes da instalação do Ubuntu, incluindo os passos triviais, para que o mínimo possível de dúvidas permanecessem em sua cabeça. Caso ainda fique alguma dúvida, não exite em deixá-la registrada nos comentários do artigo que farei o possível para responder.

Nos próximos artigos desta série irei começar a falar sobre alguns programas que substituirão os programas usados no Windows. Até a próxima.

Artigos relacionados

PixelView PlayTV Pro (Rádio)

PixelView PlayTV ProSe você leu meu artigo sobre como botar para funcionar a placa de TV PixelView PlayTV Pro, deve ter ficado curioso para por o rádio para funcionar também. Na época não me interessei muito em procurar sobre o rádio, que a placa suporta, devido a enorme felicidade que tomou conta do meu ser ao ter minha placa funcionando.

Hoje decidi que ao chegar em casa iria fazer a placa sintonizar uma rádio. Minha felicidade foi tão grande que não tenho como enrolar este artigo.

Se você já instalou a placa de tv como descrito neste artigo, basta você adicionar a opção “radio=1” no comando modprobe.

No meu caso, o comando ficou assim:

    modprobe bttv card=37 radio=1 tuner=1

O segundo passo é instalar o programa gnomeradio executando o comando:

    sudo apt-get install gnomeradio

Com todos estes exaustivos passos, você poderá desfrutar de todas as funcionalidades de sua placa.

Para quem perguntou como tornar estas alterações definitivas, eu adicionei os comandos no arquivo rc.local e não preciso mais digitar os comandos quando quero assistir TV ou ouvir rádio.

SuporteLivre.org

SuporteLivre.orgSuporte Livre é um grupo de entusiastas do software livre unido pelo interesse em ajudar a responder às dúvidas técnicas de novos usuários de Linux em PCs populares, incluindo (mas não se restringindo) ao contingente a ser criado pelo Computador para Todos.

O Suporte Livre não recebe apoio governamental ou de qualquer partido e restringe sua atuação a área técnica da utilização dos sistemas GNU/Linux.

As atividades de estruturação do grupo se iniciaram em junho de 2005 e iniciaram a recepção de perguntas dos usuários e o envio de respostas em agosto de 2005.

A proposta original do projeto Suporte Livre é prestar suporte a usuários de sistemas que funcionam em GNU/Linux e disponibilizar o conhecimento gerado com a elaboração de respostas para qualquer visitante do site.

Atualmente o projeto precisa de voluntários para as mais diversas funções, caso possa disponibilizar 30 minutos por semana ou até menos entre em contato com o pessoal do projeto no site http://www.suportelivre.org !

Vídeo curso completo Gimp – Iniciante

GimpNunca tive muita experiência na criação e edição de imagens mas sempre tentei utilizar softwares como Photoshop e Gimp. De fato, sempre tentei utilizar porque eu não sei utilizar e acabo fazendo apenas o trivial. Procurei bastante sobre cursos on-line, principalmente gratuitos, para ver se conseguia traduzir em imagens todos os meus devaneios cognitivos.
A alguns dias atras, ao passar pelo Planeta Ubuntu Brasil, vi uma ótima novidade. Nosso amigo LedStyle disponibilizou uma série de vídeosem seu blog. Os vídeos são de um curso completo de Gimp e podem ser baixados nos links abaixo: