Oficiais de Justiça vão de BrOffice

Categoria: Geral, Ubuntu | Palavras-chave: Sem palavras-chave

Aproximadamente a um mês atraz tive que fazer a rotineira reinstalação do windows para a minha irmã(não é pirata).

A primeira coisa que minha irmã me pediu já me deixou feliz por bastante tempo. Ela me pediu para instalar o Ubuntu porque ela queria aprender. Fui obrigado a informá-la que ela sabia mexer e muito bem, pois em meu computador ela só usava Ubuntu e nem notava.

Com a instalação do Windows juntei alguns programas Open Source como o BrOffice. Não era minha intenção colocar nenhum software pirata naquele computador, se inssistissem ia falar para comprar a licença que então eu instalaria.

Nesse tempo meu pai se viu obrigado a aprender a mecher no computador e tinha que aprender a utilizar uma suíte office. Tudo indicava que esta suíte seria o desagradável MS Office.

Uma bela noite fui até a casa do meu pai para ver o material da suíte Office que seria utilizada pelos oficiais de justiça e me deparei com um gigantesco logo com as palavras “BrOffice”. Meu sorriso foi de orelha a orelha.

Um dos principais motivos que levaram o poder judiciário a escolher o BrOffice foi o valor das licenças que neste caso seria R$ 0,00 e no caso da concorrente MS Office chegaria perto dos R$ 1.000,00 por licença. O outro motivo também foi simples, o BrOffice tem tudo o que os oficiais de justiça precisam.

Agora tenho que dar umas aulinhas para meu pai para ver se ele consegue se entender com o tal do mouse.

Publicado em 30 de agosto de 2007 | Deixe seu comentário

Ivan Brasil Fuzzer

Ivan Brasil Fuzzer

Faço parte do grupo Tchelinux(http://www.tchelinux.org). O Tchelinux é um grupo de voluntários que trabalha com software livre e ainda acredita que boas coisas podem ser feitas nesta comunidade; desde que saibamos repassar aos que estão iniciando que Software Livre é um aprender e repassar o conhecimento incessante. Sou líder do Ubuntu-BR-RS juntamente com a Marta Vuelma. Tentamos divulgar a distribuição e auxiliar novos usuários por todo o estado do Rio Grande do Sul, as vezes em outros estados também. Sou um amante incondicional de software livre. Vivo apaixonado pelo Ubuntu.

Mais posts do autor (856)

Deixe seu comentário

Website