Google, revolução ou problema?

O Google agrega vários serviços em seus servidores. Entre os mais populares podemos citar o sitema de buscas, Orkut, youtube, Gmail, Google Earth e Google Talk.

Você já parou para pensar em quanta informação sobre você o Google tem? Tudo o que você disponibiliza no Orkut, o Google sabe. Tudo o que você recebe e envia de email, o Google sabe. Tudo o que você conversa atravéz de mensagens instantâneas, o Google sabe. As coisas que você tem interesse e procura na internet, o Google sabe. Com o Google Earth o Google pode saber até onde você está no planeta.

O uso bem feito destes recursos é um bom conjunto de ferramentas, mas temos que pensar que o ser humano é cheio de defeitos e a ganância está entre os principais defeitos. Isso nos leva a pensar que o jogo pode virar e o Google pode usar toda essa informação para o seu próprio bem.

Ler mais

54% das empresas com Linux usam Ubuntu

Matéria divulgada no Plantão Info diz que Ubuntu marca presença em 54% das empresas segundo pesquisa da Linux Foundation. As informações prévias divulgadas mostram que a família Red Hat aparece em segundo lugar, com 50,2%, pouco atrás dos 54% do Ubuntu. A SUSE, da Novell, é a terceira distro mais adotada entre as empresas, presente em 35,2% das corporações. A conta fecha em mais de 100% porque boa parte das companhias utiliza mais de uma versão de Linux em seus desktops.

A pesquisa também mostra que as empresas que mais utilizam Linux em seus desktops são as que tem entre 1 e 100 computadores. Este percentual cai drasticamente em empresas maiores.

A pesquisa oficial da Linux Foundation será divulgada no próximo dia 30 de novembro. Em 2007, sua terceira edição, ela ouviu 20 mil empresas.

Ubuntu chega oficialmente ao Brasil

“No Brasil, as estimativas para este ano são de que as vendas de computadores para usuários domésticos vão superar as de televisores”, destaca Filho. “Nossa estratégia será fechar parcerias com fabricantes para oferecer o Ubuntu pré-instalado e pré-configurado, faturando com suporte, serviços, segurança e atualização”.

Estas são as palavras de Fábio Filho, gerente de desenvolvimento de negócios da Canonical para a América Latina.

Empresas que antes relutavam em adotar Linux por não saber ou não confiar a quem recorrer em caso de necessidade de suporte ou outros serviços, agora não terão este argumento na hora de pensar em migrar seus desktops para uma solução melhor.

Fonte: Baguete

2º Seminário de Software Livre Tchelinux

O grupo Tchelinux volta a realizar, no dia 1º de dezembro, o Seminário de Software Livre Tchelinux em Porto Alegre. O evento continua nos mesmo moldes dos eventos já realizados pelo grupo em Erechim e Canoas. Mais informações podem ser encontradas no site do grupo que se encontra em http://www.tchelinux.org.

Este evento tem um grande diferencial para estes humildes blogueiros. Eu(Ivan) e Marcos estaremos ministrando um workshop e duas palestras.

O workshop será ministrado por mim e mais alguns integrantes do grupo Ubuntu-RS(Arlei, Leonardo e Marcos). O Marcos irá ministrar duas palestras, uma sobre Ubuntu Server e outra sobre proteção de emails utilizando ferramentas livres.

A grade de palestras completa pode ser encontrada no site do evento.

Pânico entra em PÂNICO

Aindo vejo gente dizendo que o melhor é migrar servidores Linux para servidores Windows. Toda vez que ouço isso me dá até medo de pensar o caos que meus servidores virariam.

Neste final-de-semana estava assistindo um pouco de televisão e minha esposa pediu para entrar no site do programa que estavamos assistindo, Pânico na TV. Meu notebook estava do lado e então digitei o endereço do site. Primeira tentativa e o site não carregou totalmente. Atualizei a página e tive a infeliz constatação do sistema operacional que estava hospedando o site. O site ficou fora durante todo o tempo em que estava sendo anunciado no ar, não aguentou o tranco de tantos acessos.

Veja a imagem abaixo e tire suas próprias conclusões sobre quel o sistema operacional estava rodando.

Loja Pânico

Agradecimento aos amigos

Quero agradecer a todos os meus amigos pela solidariedade prestada neste momento difícil. Quero também pedir desculpas por estes dois posts totalmente fora do proposto pelo blog.

Ontem, um dos assassinos se entregou a polícia e outro foi encontrado escondido na casa da irmã. Esperamos agora que os ridículos 5 anos que eles podem pegar(1/6 da pena máxima de 30 anos) sejam cumpridos e que eles sofram muito na cadeia.

Alguns podem me perguntar porque estou com tanta raiva destas pessoas. Eu respondo dizendo que eles não se contentaram em matar uma pessoa por R$ 50,00, tiveram o prazer de cortar uma pessoa em pedaços e jogar os restos mortais em um porta malas.

Osvaldo Marcon morreu aos 74 anos de vida, gozando de boa saúde, trabalhando mesmo após sua aposentadoria. De todos, a neta com aproximadamente 7 anos é a que mais sofre.

Indignação

Todos os dias vemos e ouvimos nos telejornais, jornais e rádios que a violência em nosso país é grande. Nos indignamos com muitas coisa que acontecem mas jamais vamos saber o quanto é revoltante e doloroso até que um dia esta violência bate a nossa porta.

Neste final-de-semana passei pela péssima experiência de vivenciar esta violência. Um senhor de aproximadamente 70 anos, taxista, aposentado, meu tio. Uma cidade do interior do Rio Grande do Sul com aproximadamente 4 mil habitantes foi cenário de uma barbaridade dígna de animais famintos. Meu tio foi morto por três animais, que alguns chamam de pessoas, utilizando facões. Os animais não roubaram nada, nem o carro. Mataram e deixaram o corpo no porta malas. Para a família resta a dor e infelizmente a certeza de que os assassinos não passarão muito tempo presos.

Um dos assassinos já foi preso e parece que já entregou quem foram os outros dois, que ainda não foram presos. Minha indignação é que estes três animais, mesmo que condenados, serão libertados ao cumprir 1/6 de suas penas. Isso equivale a 5 anos se a pena aplicada for a maior permitida pela nossa legislação, isso se não forem menores de idade.

1º Install Fest Caicc – URI Campus de Erechim

Aconteceu no sábado passado, dia 27 de outubro, nas dependências da Uri Campus de Erechim mais um Install Fest. Desta vez o evento teve apoio do Centro Acadêmico de Informática e Ciência de Computação.

O evento não teve o mesmo número de visitantes que o Flisol mas foi muito proveitoso. Durante a manhã algumas pessoas foram até o evento para conhecer e ter o primeiro contato com linux. Tinhamos um servidor LTSP rodando em um dos laboratórios onde as pessoas podiam utilizar o o sistema em vários computadores. O básico do sistema foi apresentado e nenhuma dúvida deixou de ser sanada.

A universidade levou o evento muito mais a sério e chamou a televisão para fazer uma matéria para apresentar no tele jornal apresentado durante o meio-dia. O site da universidade também relatou o evento e a divulgação do trabalho realizado terminou na segunda-feira com mais uma matéria em um jornal regional.

O evento teve toda essa divulgação e foi bastante valorizado mas isso não foi o melhor que o evento teve. Durante a tarde tivemos muito pouca gente no evento principalmente por causa da grande chuva que caiu sobre a cidade. Mesmo com o reduzido público, tivemos a adesão do Maurício Martinello ao grupo de organização dos Install Fest.

Para terminar quero agradecer a todos que ajudaram na realização do evento. Anderson Piccoli, Diego Tumeleiro, Jean Esperança, Marcos Lucas, Melissa Devens, Tiago Vial, Saulo Madalozzo.

Abaixo você pode ver duas fotos do evento, na primeira o Marcos Lucas está configurando o servidor LTPS e na segunda estão os computadores esperando pelos usuários e eu de costas com a mochila.

marcos_servidor.png  ltsp.png