Migrando para Linux(Gerenciador de arquivos)

Categoria: Ubuntu | Palavras-chave: Sem palavras-chave

Continuando com os artigos relacionados a migração para Linux, temos que falar como trabalhamos com os arquivos no Ubuntu. Algumas poucas mudanças aconteceram no tratamento de arquivos do Ubuntu deste a versão 7.04 até a atual versão 7.10. Entre as mudanças estão o suporte a ntfs para escrita e leitura e a criação de pastas pré-definidas para Documentos, Vídeos, Músicas e Imagens.

Começando, tudo o que diz respeito ao gerenciamento de arquivos no Ubuntu(Gnome) fica localizado no menu Locais.

captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console.png

Clicando em “Pasta Pessoal” temos o gerenciador de arquivos aberto e os arquivos e pastas da pasta principal do usuário serão mostrados. A esquerda temos locais pré-definidos para facilitar o acesso a algumas pastas. Entre os locais temos o “Home”, pasta principal do usuário; “Área de Trabalho”, onde são mostrados arquivos e pastas que estão na área de trabalho do usuário; “Sistema de Arquivos”, onde podemos visualizar todos os arquivos e pastas do sistema; “Lixeira” onde ficam os arquivos apagados pelo usuário; Temos também algumas pastas que facilitam a organização dos arquivos por tipo como Documentos, Músicas, Imagens e Vídeos além de todos os dispositivos removíveis como disquetes, drives de CD/DVD ou pendrives.

captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-1.png

Vamos botar a mão na massa e começar a utilizar o Gerenciador de Arquivos. Clicando com o botão direito do mouse em uma pasta temos um menu pop-up aberto com as seguintes opções:

  • Abrir: abre a pasta
  • Abrir em nova Janela: abre a pasta em uma nova janela
  • Abrir com Outra Aplicação: agre a pasta com algum programa que pode ser escolhido pelo usuário
  • Recortar: seleciona a pasta para ser movida para outro local
  • Copiar: seleciona a pasta para ser copiada para outro local
  • Colar na Pasta: copia ou move para a pasta selecionada um conteúdo anteriormente selecionado
  • Criar Link: cria um link para a pasta
  • Renomear: renomeia a pasta
  • Mover para a Lixeira: move a pasta para a lixeira
  • Compartilhar pasta: compartilha o conteúdo da pasta para ser acessível pela rede
  • Criar Pacote: cria pacotes compactados em vários formatos como zip, bzip, etc
  • Enviar para: prepara a pasta para ser enviada por email
  • Propriedades: mostra detalhes sobre a pasta

Estas opções também são mostradas para arquivos.

As propriedades dos arquivos nos dão muitas informações sobre o/s arquivo/s selecionados. As imagens abaixo mostram todas as informações disponibilizadas pelo gerenciador de arquivos.

captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-3.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-4.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-5.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-6.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-7.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-8.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-9.png

Na tela abaixo você pode ver como se parece a lixeira no Ubuntu.

captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-11.png

Ao clicar no menu “Locais -> Meu Computador” você verá uma janela parecida com a imagem exibida abaixo. Serão mostrados os dispositvos de armazenamento como discos, drives de CD/DVD, disquete e outros discos removíveis como cartões de memória.

captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-12.png

Nas imagens abaixo podemos ver os menus “Arquivo” e “Editar”.

captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-13.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-14.png

No menu “Editar” temos uma opção para personalizarmos um pouco nosso gerenciador de arquivos. A opção é “Planos de Fundo e Emblemas”. Nesta opção podemos alterar planos de fundo, emblemas e algumas cores.

captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-15.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-16.png

Na opção “Preferências” temos mais algumas modificações que podemos fazer.

captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-17.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-18.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-19.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-20.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-21.png

Abaixo podemos ver os menus “Ver”, “Ir” e “Marcadores”.

captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-22.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-23.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-24.png

Os marcodores são “pastas pré-definidas” para acesso rápido. Os marcadores podem ser adicionados no Menu “Marcadores” e após adicionados ficarão disponíveis no menu da esquerda como na imagem abaixo onde adicionei o marcador “Modelos”. Podemos ver também a janela onde alteramos Marcadores já existentes.

captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-25.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-26.png

O último menu do gerenciador de arquivos é o menu de Ajuda onde temos as opções de “Sumário”, “Obter Ajuda Online”, “Traduzir Esta Aplicação”, “Reportar um Problema” e os créditos do programa na opção “Sobre”.

captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-27.png

No menu de “diretórios” que fica na parte esquerda do gerenciador de arquivos podemos mudar o modo de visualização da “árvore”. As opções disponíveis são “Locais”, “Informações”, “Árvore”, “Histórico”, “Notas” e “Emblemas”. Todas as opções são mostradas nas telas abaixo.

captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-28.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-29.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-30.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-31.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-32.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-33.png

Como exemplo de iteração com os arquivos e pastas do sistema podemos mostrar o criador de pacotes(arquivos compactados). Simplesmente clique com o botão direito sobre um arquivo ou pasta e seleciona “Criar Pacote…”. Na janela que se abre temos um menu com todos os pacotes passíveis de serem criados pelo sistema. Selecionamos um tipo, nome e o local onde queremos salvar o pacote e mandamos criar. Ao final do processo temos um arquivo compactado no formato escolhido.

captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-34.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-35.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-36.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-37.png

Para finalizarmos nosso tutorial temos dois modos de visualização dos arquivos do sistemas. Os modos são “Ver como ícones” e “Ver como lista” como podemos ver abaixo.

captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-38.png  captura_da_tela-ubuntu-vmware-server-console-39.png

Artigos relacionados

Publicado em 13 de fevereiro de 2008 | 6 Comentários

Ivan Brasil Fuzzer

Ivan Brasil Fuzzer

Faço parte do grupo Tchelinux(http://www.tchelinux.org). O Tchelinux é um grupo de voluntários que trabalha com software livre e ainda acredita que boas coisas podem ser feitas nesta comunidade; desde que saibamos repassar aos que estão iniciando que Software Livre é um aprender e repassar o conhecimento incessante. Sou líder do Ubuntu-BR-RS juntamente com a Marta Vuelma. Tentamos divulgar a distribuição e auxiliar novos usuários por todo o estado do Rio Grande do Sul, as vezes em outros estados também. Sou um amante incondicional de software livre. Vivo apaixonado pelo Ubuntu.

Mais posts do autor (856)

6 Comentários

  1. […] por Ivan Brasil Fuzzer (ubunteroΘubuntero·com·br) – referência […]

  2. TIAGO disse:

    Tinha ate esquecido que dava para por textura na area de fundo da janela, obrigado por lembrar!

  3. Temos que lembrar que isto é o que o Nautilus permite fazer por padrão, ainda podemos adicionar scripts para aumentar o poder do nautilus.

  4. […] Migrando para Linux(Gerenciador de arquivos) […]

  5. Flávio Roberto disse:

    No Windows 8 existe o Metro Commander que é um gerenciador de arquivos que permite visualizar e executar com o próprio gerenciador arquivos de áudio e vídeo. Será que existe algo semelhante para Ubuntu?? Estou procurando e não encontro nada. Tenho muitos arquivos de vídeo no PC e um programa que organizasse e executasse vídeos já seria muito útil… Conhece algum??

  6. Flávio Roberto disse:

    Alguém conhece algum programa que organize e execute vídeos??

Deixe seu comentário

Website