Criando legendas com o Gnome-subtitles

Quantas vezes você já baixou uma legenda e na hora de assistir o filme viu que a legenda estava totalmente dessincronizada ou com muitos erros de português? A primeira opção que nos surge na cabeça é procurar por uma nova legenda de maior qualidade, mas isso nem sempre é possível. Então, porque não arrumar a legenda? Para você não ter que fazer isto editando arquivos texto eu lhes apresento o gnome-subtitles.

O gnome-subtitle é um editor para o desktop Gnome que suporta os tipos mais comuns de legendas e permite a edição, tradução e sincronização.

Entre suas funcionalidades estão:

    Formatos de legendas

  • Adobe Encore DVD
  • Advanced Sub Station Alpha
  • AQ Title
  • DKS Subtitle Format
  • Karaoke Lyrics LRC
  • Karaoke Lyrics VKT
  • MacSUB
  • MicroDVD
  • MPlayer
  • MPlayer 2
  • MPSub
  • Panimator
  • Phoenix Japanimation Society
  • Power DivX
  • Sofni
  • SubCreator 1.x
  • SubRip
  • Sub Station Alpha
  • SubViewer 1.0
  • SubViewer 2.0
  • ViPlay Subtitle File
    Pré-visualização de vídeos

  • Utiliza a biblioteca GStreamer
  • Mostra a legenda no programa
  • Visualização do tamanho do vídeo e posição atual
  • Seta os tempos da legenda com base na posição do vídeo
  • Seleção automática do vídeo ao abrir a legenda

No Ubuntu o gnome-subtitles pode ser instalado pelo “Gerenciador de Pacotes Synaptic” como descrito neste artigo, apenas substitua o nome do programa por gnome-subtitles e libmono-i18n2.0-cil.

Depois de instalado, o programa poderá ser aberto pelo menu Aplicações -> Som & Vídeo -> Gnome Subtitles.

Nas imagens abaixo você pode ver como é o programa aberto sem nenhuma legenda ou vídeo e como fica a interface com um vídeo aberto e pronto para ser feita a legenda.

  

Ubuntu 8.10 (Intrepid Ibex) Alpha 1

Um pouco atrasado mas ainda em tempo, venho notificar o lançamento, no dia 27 de junho, da primeira versão Alpha da próxima versão do Ubuntu. Versões Alpha não são recomendadas para máquinas de produção e devem ser usadas apenas para teste.

Se você é um aventureiro e gosta de emoções fortes, o download das imagens do Ubuntu podem ser feitas em:

Informações retiradas do blog do André Gondim.

Stoq

Continuando a divulgação de softwares livres com finalidade comercial, apresentamos hoje o Stoq. Stoq é uma suíte de aplicativos comerciais desenvolvida pela Async Open Source.

Alguns dos módulos disponíveis na suíte são:

  • Controle de vendas e estoque
  • Acompanhamento de clientes (CRM)
  • Gestão de compras e estoque
  • Apuração de impostos
  • Impressão fiscal via ECF
  • Impressão de cheques
  • Desenvolvido em e para Linux
  • Muito mais…

Mais informações podem ser encontradas no site do projeto.

Openfarm e Stoq são os dois programas que conhecemos e estamos divulgando, mas gostaríamos de divulgar mais softwares então esperamos por indicações de outros softwares para continuarmos esta série.

Queremos lembrar que o Ubuntero não dá suporte a este software, estamos apenas fazendo o favor de divulgar a iniciativa.

Openfarm

A partir de hoje irei dar mais espaço para divulgar o software livre de uma maneira diferente. Sempre divulgo softwares para utilização no desktop como música, vídeo e outras atividades caseiras. Venho acompanhando alguns softwares livres para uso comercial e vejo pouca divulgação fora do site do desenvolvedor. Outro motivo para a divulgação é o fato de que o a decisão do melhor sistema operacional passa obrigatoriamente pela possibilidade de utilizá-lo comercialmente. Não adianta ser bonitinho e leve, tem que ser totalmente funcional para o trabalho.

O primeiro software que vou divulgar é o Openfarm. Segundo o site do software “O OpenFarm vem para levar a pequenas e médias fazendas a capacidade de melhor administrar seus negócios, possibilitando um melhor controle de tudo o que acontece na fazenda, desde a venda da produção, a compra de insumos, máquinas, sementes até gastos como energia elétrica, impostos, água, dentre inúmeros outros fatores, que possibilitará uma melhor administração e controle de sua fazenda com um gasto bastante reduzido, devido ao fato do OpenFarm ser um software livre”.

A instalação do software ainda exige muitos passos manuais mas está tudo documentado no site.

Queremos lembrar que o Ubuntero não dá suporte a este software, estamos apenas fazendo o favor de divulgar a iniciativa.

2 anos do Ubuntero

Dois anos se passaram e muita coisa rolou por este humilde blog. No início a intenção do blog era apenas de documentar as experiências de um usuário novato no sistema operacional Ubuntu Linux. Eu costumava esquecer os passos para fazer determinadas funções dentro do sistema e precisava deixar guardado isto em algum lugar de fácil acesso para mim e até para outras pessoas.

Os primeiros artigos tinham textos muito mal escritos, até porque eu não sou acostumado a escrever textos, apenas código fonte.

Nestes dois anos o blog ficou inativo por algum tempo por simples preguiça de sentar na frente do computador para escrever alguma coisa e chegou até a correr o risco de ser desativado por problemas pessoais.

Depois de alguma instabilidade o Ubuntero voltou com mais força. Passamos a ter três “escritores” e passamos a falar, também, sobre servidores com Ubuntu. Os textos sobre servidores passaram a ser escritos pelo Marcos e eu arrisco a escrever pequenos textos de vez enquanto. Na linha do desktop temos também o Andre que posta sem muito compromisso mas sempre que possível.

O próprio Ubuntu mudou bastante nestes dois anos. Utilizando-o desde sua primeira versão pude ver que, embora se dissesse amigável para usuários comuns, ainda tinha muito do Linux que dava medo aos usuários. Ainda era comum o usuário ter que apelar para a linha de comando para configurar alguma opção. Felizmente o tempo foi passando e o Ubuntu foi avançando cada vez mais e demonstrando que não era impossível transformar um sistema Linux em um sistema fácil de usar.

Hoje estamos usando a versão 8.04 que tem gigantescos avanços em relação a primeira versão e com certeza absoluta posso afirmar que não existe sistema operacional proprietário que consiga ser comparado ao que chamo de novo Linux.

O Ubuntero passou a participar do grupo Tchelinux ajudando na realização dos eventos tanto na organização quanto nas palestras. Atualmente eu(Ivan) e Marcos estamos participando, mais ativamente, com palestras sempre que podemos ir aos eventos, o Andre, pela distância, acaba por não poder ajudar nas palestras, mas eu sei que ele gostaria muito de palestrar sobre alguns assuntos.

Mesmo com alguns períodos de inatividade por motivos diversos, queremos continuar repassando o pouco que sabemos para que todos possam usar, conhecer ou perder o medo da troca de um mundo fechado por um mundo mais aberto.

PS: Estamos aceitando doações de hospedagens :-P

Promoção BR-Linux

Como de costume, estamos ajudando a divulgar mais uma promoção do BR-Linux(torcendo para ganhar algum brinde é claro).

Ajude a sustentar a Wikipédia e outros projetos, sem colocar a mão no bolso, e concorra a um Eee PC!
…e também a pen drives, card drives, camisetas geeks, livros e mais! O BR-Linux e o Efetividade lançaram uma campanha para ajudar a Wikimedia Foundation e outros mantenedores de projetos que usamos no dia-a-dia on-line. Se você puder doar diretamente, ou contribuir de outra forma, são sempre melhores opções. Mas se não puder, veja as regras da promoção e participe – quanto mais divulgação, maior será a doação do BR-Linux e do Efetividade, e você ainda concorre a diversos brindes!

Efeitos colaterais da ativação de composite sem aceleração 3D

Durante minha última palestra sobre Customização do Ubuntu 8.04, dei uma dica para o pessoal que não tem placa aceleradora 3D mas quer usufruir de alguns poucos efeitos de embelezamento do Ubuntu. Uma pequena alteração no gconf-editor faz com que as janelas tenham sombra e possibilita o uso do avant-window-navigator. Assim que eu transformar a palestra em um artigo vocês terão o gostinho de testar esta funcionalidade.

Os principais efeitos colaterais desta alteração são:

  • Provável perda de desempenho: máquinas com processadores menos privilegiados podem perder um pouco do desempenho principalmente quando utilizando o avant-window-navigator.
  • Alguns vídeos rodam apenas em players específicos com as configurações padão: Sem fazer alterações nas configurações dos players, os vídeos parecerão não ter imagem, mostrando apenas uma tela preta.

Tchelinux em Erechim, “resultados”

No dia 14 de junho foi realizado o 2º Seminário de Software Livre Tchelinux Erechim nas dependências da FAE. O Ubuntero, como anunciado, esteve presente com palestras sobre Desktop e Servidores Ubuntu. Duas palestras acabaram não acontecendo porque o palestrante não pode comparecer por motivos de saúde, ou falta de saúde.

Eu ministrei duas palestras envolvendo o Ubuntu, a primeira mostrando a instalação e os principais programas já instalados por padrão além de mostrar como instalar programas.

A segunda palestra seria sobre customização do ambiente Gnome no Ubuntu 8.04. A palestra não foi exatamente o que eu pretendia mas deu pra dar uma idéia do que se pode fazer com as opções padrão de customização e com a instalação de alguns programas extra. A idéia era mostrar as coisas mais simples pelos slides e mostrar o compiz e configuração do compiz ao vivo, no entanto o projetor não me permitiu e tive que apelar para o youtube para mostrar as várias possibilidades de configuração do compiz. O projetor só suportava 800×600 e o programa de configuração do compiz não conseguiu se entender com esta resolução não permitindo que eu conseguisse sequer clicar nas opções desejadas.

Tirando este contra-tempo, o evento foi totalmente positivo, pois reencontrei vários amigos e principalmente por ter feito novos amigos. Enfim conheci pessoalmente o Fábio Olivé e o Maurício.

Ao pessoal que ficou de me enviar dúvidas por email, estou esperando as dúvidas no email ubuntero@ubuntero.com.br .

As apresentações das palestrar podem ser baixadas nos links abaixo.