Usando atalhos, economizando tempo.

Categoria: Ubuntu | Palavras-chave: , , , ,

Segundo um famoso dicionário eletrônico, atalho significa Caminho fora da estrada principal, pelo qual se encurtam distâncias.

Bem, como podemos incluir a palavra atalho no nosso meio? Ou seja, como podemos falar de atalho na área da informática?

Essa pergunta é fácil de ser respondida. Acredito que a maioria dos usuários de Sistemas Operacionais utilizam atalhos. Seja na forma de ícones na área de trabalho ou simplesmente usando combinações de teclas.

É normal que hoje, as pessoas queiram reduzir o tempo com que realizam algumas tarefas. Por exemplo, ao combinar as teclas Alt + F2 no Ubuntu, o comando Executar aplicativo é ativado (gosto muito dessa função). Afinal, quem não utiliza a combinação Ctrl + C ?

Deixemos de conversa e vamos ao que realmente interessa.

Você é um usuário do Sistema Operacional Ubuntu. Gosta de assistir vídeos em sites como o Youtube, e gosta de mostrar os mais legais aos seus amigos. Tem conhecimento de vários softwares que fazem download de vídeos. Legal.

Mas, sabia que os vídeos que você assiste ficam gravados no seu HD? Sabia que não é necessário buscar um software para baixar os vídeos?

Então, vamos seguir pelo submundo dos atalhos? Vamos conhecer melhor nosso Ubuntu?

O exemplo a seguir se baseia no uso do navegador Firefox, da Mozilla. Nele, existe uma função chamada Cache, onde os principais arquivos ficam registrados. Essa cache fica salva dentro do HD, a menos que a função Limpar Cache seja utilizada.

Agora acesse o diretório Pasta pessoal que está localizado em Locais.

Use a combinação de teclas Ctrl + H para mostrar as pastas ocultas.

Localize a pasta .Mozilla

Dê um duplo clique nela.

Dentro da pasta .Mozilla, dê um duplo clique na pasta Firefox.

Dentro da pasta Firefox, entre na pasta cujo o nome possua default.

Dentro dessa pasta, é só achar a pasta Cache.

Pronto, dentro dela estão os arquivos salvos pelo navegador Firefox. É só Organizar os itens por tipo e procurar os vídeos. Fotos e arquivos em .pdf também ficam na pasta Cache.

Tranfira os arquivos desejados para outras pastas, já que a pasta Cache pode ser facilmente apagada.

O Ubuntu oferece uma boa ferramenta para criar e alterar atalhos.

Ela se encontra em Sistema > Preferências > Atalhos de teclado

De qualquer maneira, segue uma lista de alguns atalhos que podem também ser úteis no seu dia a dia.

Ctrl + Alt + L = Bloquear Tela

Alt + F9 = Minimizar Janela

Ctrl + page up = Ir para a aba anterior

Ctrl + page down = Ir para a aba seguinte

Ctrl + Alt + Shift + Seta para Esquerda = Mover a aplicação atual para o Desktop da esquerda

Ctrl + Alt + Shift + Seta para Direita = Mover a aplicação atual para o Desktop da direita

Alt + Tab = Alternar entre os programas abertos

Alt + F1 = Abrir o Menu Aplicativos

Aproveite também para conhecer mais o Sistema Operacional Ubuntu. Vasculhe os diretórios. Aprenda a utilizar o que o sistema pode oferecer.

Publicado em 28 de Janeiro de 2011 | 3 Comentários

Eduardo Barbosa

Eduardo Barbosa

Graduando em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Alagoas - Campus Arapiraca.

Mais posts do autor (5)

3 Comentários

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Geoflly Adonias and Alex S Mota, Ubuntero. Ubuntero said: Novidade no Ubuntero – Usando atalhos, economizando tempo. – http://bit.ly/f8AzLd […]

  2. Alessandro disse:

    NÃO SEI POR QUE AINDA O ATALHO ALT + F1 NÃO FOI ABOLIDO DE VEZ NO LINUX É O PIOR ATALHO PARA TECLADOS INFELIZMENTE A COMUNIDADE NÃO ADERE AO PADRÃO WINKEY OU UBU KEY.

    RÍDICULO EU SEI É O PIOR ATALHO PARA UMA PESSOA DEFICIENTE TER QUE APERTAR 2 TECLAS PARA ACESSAR O MENU. É UM PÉ NO SACO ESSA PORCARIA DE ALT + F1 ME DESCULPEM AOS PURISTAS E AS DISTROS

    MAS TODOS OS FABRICANTES MUNDIAIS CRIAM TECLADO COM A PADRONIZAÇÃO WINKEY E POR QUE AINDA ADEREM AO ALT + F1 E NÃO AO WINKEY

    ISSO SIMPLESMENTE É UMA PREGUIÇA MALEVOLENTE E TERMINAL, JÁ QUE NO BOOTCAMP MAC TO WINDOWS OS ATALHOS PRINCIPAIS SÃO MANTIDOS E NO LINUX UBUNTU GNOME E KDE ESSA TECLA PE IGNORADA NO UBUNTU 7 OU 8 ERA POSSIVEL USAR O SUPER L META SEJA O QUE FOR

    MAS NO UBUNTU 9 EM DIANTE É UMA LÁSTIMA TER QUE APERTAR ALT + F1 SANTA IGNORÂNCIA DA CANONICA KDE E GNOME É FATO

    ALT + F1 É UM PÉ NO SACO JÁ DEVERIAM ADOTAR WINKEY

  3. Milton Rodrigues disse:

    Excelentes dicas. Anotei e vou treinar mais para não esquecê-las. O bacana é poder também, mudar atalhos para o teclado em “Sistemas – Preferência – Atalhos de teclado”. :)

Deixe seu comentário

Website