Mais funções para o menu “Pasta pessoal”

O Menu Pasta pessoal, aquele que abre o gerenciador de arquivos, tem uma única função que não é sempre a mais útil. Neste botão do lançador do Unity apenas uma pasta pode ser aberta, mas repetidas vezes precisamos abrir outras pastas que estão na pasta pessoal.

Para resolver este pequeno problema, adicionando as pastas, Vídeos, Imagens, Documentos e Downloads abra o terminal pressionando as teclas Ctrl+Alt+t e colando o conteúdo abaixo e pressionando Enter.

echo "[Desktop Entry]

Name=Home Folder
Comment=Open your personal folder
TryExec=nautilus
Exec=nautilus --no-desktop
Icon=user-home
Terminal=false
StartupNotify=true
Type=Application
Categories=GNOME;GTK;Core;
OnlyShowIn=GNOME;Unity;
X-GNOME-Bugzilla-Bugzilla=GNOME
X-GNOME-Bugzilla-Product=nautilus
X-GNOME-Bugzilla-Component=general
X-Ubuntu-Gettext-Domain=nautilus

X-Ayatana-Desktop-Shortcuts=Videos;Documents;Music;Pictures;Downloads
[Videos Shortcut Group]
Name=Videos
Exec=nautilus Vídeos
TargetEnvironment=Unity

[Documents Shortcut Group]
Name=Documents
Exec=nautilus Documentos
TargetEnvironment=Unity

[Music Shortcut Group]
Name=Music
Exec=nautilus Música
TargetEnvironment=Unity

[Pictures Shortcut Group]
Name=Pictures
Exec=nautilus Imagens
TargetEnvironment=Unity

[Downloads Shortcut Group]
Name=Downloads
Exec=nautilus Downloads
TargetEnvironment=Unity" | sudo tee /usr/share/applications/nautilus-home.desktop

Sua senha de usuário será requerida. Digite sua senha e pode clicar com o botão direito do mouse no ícone da pasta pessoal para ver o resultado.

O que este amontoado de linhas faz é editar as configurações do ícone “Home Folder” que se encontra em “/usr/share/applications/nautilus-home.desktop” e adicionar novas entradas a ele. Para exemplificar vou por uma entrada e explicar:

[Documents Shortcut Group]
Name=Documentos
Exec=nautilus Documentos
TargetEnvironment=Unity

Na primeira linha acima é especificado que estamos entrando com os dados de um ítem no lançador da aplicação. Na segunda linha especificamos um nome. Na terceira vai o comando a ser executado por aquela entrada e na última onde isso vai rodar.

Seguindo esta lógica podemos adicionar a abertura de outra pastas no menu, como por exemplo, uma entrada para a pasta do Ubuntu One.

Pré-visualização de arquivos

Uma coisa que ficou de fora tanto do Gnome Shell quanto do Unity é a pré-visualização dos arquivos. Esta é uma função muito importante, pois podemos ver o conteúdo de textos, imagens, vídeos e músicas sem precisar abrir o programa específico para cada tipo de arquivo.

Para termos esta função novamente a dica é bem simples. Abra o terminal pressionando as teclas Ctrl+Alt+t e digitando o comando abaixo:

sudo apt-get install gnome-sushi

Agora sempre que quiser visualizar o conteúdo de um arquivo sem abrir ele, basta selecionar o arquivo e pressionar a barra de espaço.

Captura de tela pré-visualização de arquivos Captura de tela pré-visualização de arquivos Captura de tela pré-visualização de arquivos Captura de tela pré-visualização de arquivos Captura de tela pré-visualização de arquivos Captura de tela pré-visualização de arquivos

Skype Call Recorder no Ubuntu 11.10

Este tópico já existe para o Ubuntu 11.04, no entanto nele é necessário substituir o sistema de áudio do Ubuntu para que o skype call recorder funcione normalmente. Para quem ainda está utilizando o Ubuntu 11.04, o antigo artigo continua valendo, mas para quem está utilizando o Ubuntu 11.10 os passos para ter o skype call recorder instalado e sempre atualizados são menores.

Abra o terminal pressionando Ctrl+Alt+t e adicione o repositório com o seguinte comando:

sudo apt-add-repository ppa:dajhorn/skype-call-recorder

Uma mensagem será mostrada onde deverá pressionar Enter.

Não feche o terminal. Agora você precisar digitar os seguintes comandos:

sudo apt-get update
sudo apt-get install skype-call-recorder

Pronto, abra o skype e o skype call recorder para começar a gravar as conversas com áudio que mantém através do programa.

Para abrir o skype, pressione a tecla Super e digite skype e selecione o skype para que ele seja aberto. Para o skype call recorder pressione Super, digite skype e selecione o segundo ícone onde diz “skype call recorder”.

Menu Global no LibreOffice

Na instalação padrão do Ubuntu, o LibreOffice não vem com o menu global funcionando. Para fazermos isto manualmente devemos executar um único comando.

Para isso abra o terminal pressionando Ctrl+Alt+t e digite o seguinte comando:

sudo apt-get install lo-menubar

Para mim, aparentou não funcionar ao abrir o LibreOffice pela primeira vez após o comando. Fechei o programa e abri novamente e o LibreOffice então abriu com o menu global habilitado.

Launcher na parte de Baixo da tela

Esta dica é para muitos que simplesmente não conseguiram, ou não quiseram, se acostumar com a mudança do local onde os programas abertos aparecem.

Esta dica é apenas para quem utiliza o Unity 3D e Ubuntu 32 bits, não tem pacote para 64 bits, pois utiliza um plugin do Compiz para fazer a mágica!

Para começar, faça o download do arquivo. Aqui ou aqui.

Extraia o diretório presente no arquivo baixado para o seu home.

Abra o terminal pressionando Ctrl+Alt+t e digite os seguintes comandos:

sudo apt-get install lzma
mkdir -p ~/.compiz-1/plugins
cd ~/unityshell
cp libunityshell.so ~/.compiz-1/plugins/
mkdir /tmp/unityshell
cp *.png /tmp/unityshell/
cd /tmp/unityshell/
chmod 644 *.png
sudo chown root:root *.png
sudo cp *.png /usr/share/unity/4/

Agora basta encerrar a sessão e entrar novamente que a barra estará na parte de baixo da tela.

Para voltar ao modo antigo e normal basta abrir o terminal e digitar o seguinte comando:

rm ~/.compiz-1/plugins/libunityshell.so

Encerre a sessão e entre novamente e tudo estará como a configuração anterior.

Fonte: Web UPD8

Kubuntu á primeira vista

Olá pessoal, tudo bem com vocês?

Estou estreando aqui no Ubuntero, e o meu objetivo é falar sobre o Kubuntu, que nada mais é que o Ubuntu usando KDE como ambiente gráfico.

Para começarmos, algumas telas do KDE com efeito Plasma

alguns widgets que já vem no Kubuntu

 

Search and Launch. Uma outra home screen feita especialmente para quem tem netbooks (opcional).

Ele vem também com um ótimo motor de sombras, oferecendo a possibilidade de suportar sombras em hardware mais antigo ou onde o OpenGL é limitado. Várias operações de desenho foram atualizadas, usuários de computadores mais lentos devem perceber as melhorias desde a ultima versão.

Como o Ubuntu, o Kubuntu vem com vários aplicativos junto com o ambiente gráfico, entre eles os principais:

Kopete

O mensageiro web do KDE, ele suporta os mensageiros: AIM, Bonjour, gadu-gadu, ICQ, Jabber (XMPP, jabber e google talk) Meanwhile, QQ, SMS, skype, MSN, Winpopup e Yahoo. Mesmo tendo essa grande lista de mensageiros, ele não me agradou muito por ser difícil de mexer e não ter um visual tão agradável.

 

  

 

Konqueror

Ele é 6 em 1, navegador web, gerenciador de arquivos, cliente FTP, cliente SVN, editor de texto e editor de planilhas. Você pode fazer varias tarefas de uma só vez usando a mesma janela.

 

Dolphin

Um ótimo gerenciador de arquivos, na esquerda ele mostra as pasta padrões para acesso rápido que pode ser alterada. Na direita mostra as informações do arquivo selecionado junto com um preview com suporte para vários arquivos, mp3, mp4, avi, txt, html… etc. Ele também tem um terminal incluso que pode ser acessado pressionando F4

Também há vários modos de visualização que podem ser alternados conforme preferencia do usuário.

  

 

 

Exaile

Esse foi um dos programas do KDE que me desapontou inicialmente, pelo fato de não vim com os plugins, você tem que entra na Central de Programas do Ubuntu e procurar por GStream e colocar os Plugins para instalar.

Tirando esse chato problema, o Exaile é um ótimo player de musica, até porque você pode fazer player lists e deixar em abas,  diminuindo o trabalho de procura-las novamente.

Mais um ponto positivo dele, é que você pode adicionar as pastas onde ele vai buscar as musicas e ele organiza elas pelo álbum referente a musica, mesmo que elas estejam todas misturadas. Um pequeno detalhe,  é que ele automaticamente procura e baixa as cover-arts das suas musicas, não é uma grande função, mais também não é qualquer tocador que faz isso.

  

 

 

Parole

Um ótimo player de videos, mas inicialmente ele desanima porque também necessita de instalar os plugins manualmente pelo Centro de Programas do Ubuntu, precisa dos mesmos plugins do Exaile (menos mal), depois disso ele funciona normalmente.

Admiro muito esse player por causa que ele reproduz os vídeos nos principais formatos (avi, mp4, 3gp, rmvb, etc), além de também reproduzir diretamente em ISO e via Streaming, suporte a legendas (arquivo separado ou não) e configurar a qualidade da imagem (muito bom em monitores LCD).

 

 

 

Terminal

Konsole, bom, não tenho muito a falar sobre o konsole, ele permite que você abra vários terminais em abas, pode mudar sua aparência de uma maneira simples e que faça mais de uma tarefa simultânea. Fora isso, ele só é um terminal, nada de diferente.

 

 

Um vídeo mostrando os efeitos do novo KDE 4.7:

 

Caso tenha gostado do Kubuntu  e queira instala-lo, só precisa abrir o terminal e digitar:

sudo apt-get install kubuntu-desktop

Em suas versões antigas ele é muito pesado, se puder, atualize-o.

Tenha um bom dia.

Autor: Jefferson da Conceição Ferreira

Desabilitar Menu Global

Mesmo economizando bastante espaço no desktop, uma coisa que ainda não convenceu muito é a utilização do Menu Global pelo Unity. O menu global é o que faz com que os menus das aplicações saiam delas e fiquem na barra superior do sistema, dividindo lugar com a barra de título, sem conflitar com ela.

Em conversas com um amigo, ele sugeriu que a barra só fosse disponibilizada na barra quando a aplicação estivesse maximizada, eu concordo que seria a melhor maneira para evitarmos de movimentar tanto o mouse para abrir um menu e depois voltar para a aplicação. Para quem tem telas pequenas como netbooks, talvez essa reclamação não faça tanto sentido, mas para quem tem monitores maiores e não trabalha com todas as janelas maximizadas, com o tempo, isso se torna um grande incomodo.

Para resolver de maneira a nenhuma aplicação ativar o menu global, devemos fazer o seguinte:

Abra o terminal pressionando Alt+Ctrl+t e digitando o seguinte comando:

sudo apt-get remove appmenu-gtk3 appmenu-gtk appmenu-qt

Depois de os pacotes removidos você terá que reiniciar o sistema para que a mudança entre em vigor, nem sempre apenas fechar a sessão resolve.

Existe maneira de retirar o menu em apenas algumas aplicações, mas isto é assunto para outro artigo.

Nova barra de rolagem do Ubuntu

Desde a versão 11.04 o Ubuntu introduziu uma nova barra de rolagem conhecida como Overlay Scroolbar. Esta barra tem como ideia utilizar menos espaço na tela do usuário, deixando assim mais espaço para a aplicação em si.

A ideia é bem interessante, mas faltou um pouco de polimento para que ela ficasse totalmente funcional. Para nossa felicidade, este polimento já vem sendo desenvolvido e deverá estar presente na próxima versão LTS, 12.04 Precise Pangolin. Para quem não aguenta esperar, meu caso, já temos um PPA para que possamos começar a utilizar a barra desde já.

Para adicionar o PPA e instalar a próxima versão da barra de rolagem pressione a combinação de teclas Ctrl+Alt+t e digite os seguintes comandos:

sudo apt-add-repository ppa:ayatana-scrollbar-team/release
sudo apt-get update
sudo apt-get dist-upgrade

Agora é só reiniciar sua sessão para que a nova barra entre em funcionamento.

Se quiser dar uma olhada em como ficou a barra antes de instalar, assista ao vídeo abaixo.

Melhorar qualidade de som de vídeos

Editando o último vídeo feito para o Ubuntero, tive a necessidade de melhorar a qualidade do som no vídeo final. O que acontece é que as placas de som da maioria dos computadores é analógica e isso por si só já é o suficiente para sempre ter algum ruído no sinal, independente da qualidade da placa ou do microfone usado para a gravação.

Durante a gravação isto pode ser amenizado utilizando microfones de melhor qualidade e regulando de maneira adequada o volume. Mesmo assim, sempre terá um pouco de ruído quando utilizarmos qualquer sistema analógico no processo.

Para resolvermos o problema do ruído precisaremos utilizar pelo menos 3 programas que podemos instalar abrindo o terminal(Ctrl+Alt+t) e digitando o seguinte comando:

sudo apt-get install winff audacity openshot

Depois dos programas editados, abra o winff pressionando a tecla Super e digitando winff.

Clique no botão Adicionar e selecione o vídeo que quer melhorar o som. O que faremos será separar o som do vídeo para editarmos no audacity depois. Na imagem abaixo você pode ver como deve selecionar as opções para gerar o arquivo de áudio separado.

Depois de selecionar o arquivo e as opções conforme a imagem, clique no botão “Converter”. Uma janela do terminal será aberta e a conversão começará a ser feita. Quando aparecer a frase “Pressione enter para continuar” no terminal, faça o que está sendo pedido e seu arquivo terá sido convertido.

Agora vamos a edição para reduzir o ruído do arquivo de áudio que separamos do vídeo. Abra o audacity pressionando a tecla Super e digitando audacity e pressionando Enter.

Vá no menu Arquivo >> Importar >> Áudio e selecione o arquivo que acabamos de separar do vídeo. Após importado, clique na ferramenta de lupa e vá clicando nas ondas do áudio até que a escala seja de um segundo. Selecione novamente a ferramenta de seleção e selecione uma parte do áudio que tenha apenas o ruído que deseja remover.

Agora vá no menu Efeitos >> “Remover Ruídos” e clique no botão “Get Noise Profile”. Agora selecione o áudio todo com o atalho Ctrl+a e volte no menu Efeitos >> “Remover Ruídos”, mas desta vez clique no botão OK. Neste ponto já pode conferir a diferença visual das ondas e poderá ouvir o áudio sem ou com muito menos ruído.

Para finalizar o processo, temos que exportar nosso áudio limpo para podermos usar no próximo passo. Vá no menu Arquivo >> Exportar. Selecione o local onde vai guardar o arquivo, pode ser o mesmo local onde está o som que extraímos do vídeo e com o mesmo nome, basta dizer sim quando for perguntado para substituir. Uma janela para digitar informações sobre o áudio será aberta, estes dados não são obrigatórios mas podem servir para identificar a autoria do mesmo. Editando ou não, clique no botão OK e aguarde o final da exportação.

Agora que nosso áudio está devidamente limpo, vamos juntar tudo com o vídeo. Poderíamos gerar um vídeo sem o áudio também e com um comando juntar novamente o vídeo com o áudio sem o ruído, mas este procedimento não se demonstrou preciso com as ferramentas disponíveis. Como alternativa preferi inserir o vídeo e o áudio em faixas diferentes no Openshot e deixei o áudio do vídeo mudo, ficando assim com o áudio que tratamos em outra trilha, mas em sincronia com o vídeo.

Este procedimento foi testado com vídeos no formato OGV e pode ter sido isto que não manteve a sincronia entre vídeo e áudio na tentativa de juntar os dois no final do processo, por isso fiz da maneira que mostro neste tutorial. Talvez com vídeos em outros formatos o problema de sincronia não aconteça, mas isto poderá ser motivo para um outro tutorial em um outro momento.

TcheLinux Sant’Ana do Livramento

Fórum TcheLinux de Software Livre – Sant’Ana do Livramento

Data: 12 de Novembro
Local: Centro Anglicano de Eventos – Instituto Livramento -Av. João Goulart.
Hora: das 8hs – 18hs
Inscrições e maiores informações pelo site: http://www.rafaelamorim.com.br/tchelinux/
Valor: 2 Kg de alimentos não perecíveis (exceto sal)
Contato: fabriciodenis1@yahoo.com.br