Arista Transcoder

Categoria: Ubuntu | Palavras-chave: , , ,

Quem acompanha o review semanal sabe que enfrentei problemas com os vídeos gerados pelo gtk-recordmydesktop. O problema não interferia se eu simplesmente assistisse o vídeo, mas ao editar ou tentar converter para um formato melhor para a edição.

Usando O Kdenlive ou o Openshot o resultado era o mesmo e até postei um vídeo mostrando o problema que acontecia, veja abaixo:

Tentei vários programas para converter os arquivos gerados e até tentei usar outros programas para gravar a tela, incluindo alguns via linha de comando, mas o resultado nunca agradava.

Foi então que via twitter o @marcelinho_5200 deu a dica que resolveu meus problemas. O programa que operou o “milagre” foi o Arista Transcoder e mostro como utilizá-lo abaixo:

Para instalar, abra a central de programas pressionando e soltando a tecla Super e digitando central, provavelmente só terá uma opção.

Procure por “Arista”, clique em instalar, digite sua senha e aguarde a finalização do download e instalação.

Para utilizar o programa é bem simples. Abra o programa pressionando e soltando a tecla Super e digitando arista e pressionando Enter. Para fazer uma conversão clique no botão “Create a conversion”. Na janela que se abre selecione o arquivo a ser convertido no primeiro campo, “Fonte”, em destination selecione onde o arquivo convertido será salvo e no “Device preset” selecione como o arquivo deve ser convertido, eu costumo usar “Computer – H.264” ou “Computer – Theora”. Por fim clique no botão Create e aguarde a finalização.

Publicado em 7 de Fevereiro de 2012 | 10 Comentários

Ivan Brasil Fuzzer

Ivan Brasil Fuzzer

Faço parte do grupo Tchelinux(http://www.tchelinux.org). O Tchelinux é um grupo de voluntários que trabalha com software livre e ainda acredita que boas coisas podem ser feitas nesta comunidade; desde que saibamos repassar aos que estão iniciando que Software Livre é um aprender e repassar o conhecimento incessante. Sou líder do Ubuntu-BR-RS juntamente com a Marta Vuelma. Tentamos divulgar a distribuição e auxiliar novos usuários por todo o estado do Rio Grande do Sul, as vezes em outros estados também. Sou um amante incondicional de software livre. Vivo apaixonado pelo Ubuntu.

Mais posts do autor (856)

10 Comentários

  1. Bitetti disse:

    Boa! Até agora eu usava o Pitivi mas é bom poder converter os videos e edita-los em outros softwares.

  2. Hugo disse:

    Eu já instalei esse Artista Transcorder e nunca funcionou, sabe-se lá o porque… =/

  3. Deivid disse:

    Tive exatamente o mesmo problema, e resolvi com o programa: Transmageddon

    Disponível na central de programas do Ubuntu… simples assim!

  4. HearthBreacker disse:

    Eu gosto mais do “Handbrake” por ser mais rápido e criar arquivos MKV e MP4, além de Ripar DVD’s…
    Outro Programa bom é o “DeVeDe” que converte para AVI DivX e cria também DVD’s e VCD’s…

  5. Guilherme disse:

    (primeira vez que deixo um comentário aqui)

    Tive um problema parecido uma vez ao tentar converter um vídeo. O comando abaixo com o ffmpeg resolveu o meu problema. Note que alguns parâmetros podem/devem mudar se tu escolher um formato diferente do mp4. Faz um teste aí com seu vídeo e diga se isso resolve teu problema também…

    for i in *.avi; do ffmpeg -i “$i” -acodec libmp3lame -aq 5 -ac 2 -vcodec libx264 -vpre slow -qmin 1 -qmax 28 -s 640×264 -y “${i%.avi}.mp4”; done

  6. HearthBreacker disse:

    Para instalar o Handbrake no Ubuntu 11.10 tem que instalar via PPA

    https://launchpad.net/~stebbins/+archive/handbrake-releases

  7. Marianna RSouza disse:

    Olá, pessoal, eu ainda não sei usar linux, mas preciso de umas dicas. Gostaria de saber se o arista transcoder funciona no windows.

    Usava o format factory 2.96, mas por engano o atualizei para a versão 3.2.1. e ele agora não faz mais conversões antes lidas facilmente no usb do meu dvd philips. Já a minha tv sony bravia (nunca + compro tv sony) só le o formato mp4 mas se embutir a legenda aí ela não lê nada…

    Ou por não ser expert não estou sabendo usar o format factory novo?
    Obrigada, Marianna

Deixe seu comentário

Website