Usuários Linux querem respeito dos bancos

Categoria: Ubuntu | Palavras-chave: , , ,

Após ler várias pessoas reclamando de bancos que não respeitam seus correntistas e não disponibilizam versões dos Home/Office Banking para usuários de Linux, resolvi propor um protesto utilizando o que nós temos de mais forte, a própria tecnologia.

A ideia de protesto é simples. Um banco por semana será escolhido para receber uma enxurrada de tweets reclamando pelo direito de utilizar o Home Banking através do Sistema Operacional Linux. Em paralelo fazer o mesmo exaltando as instituições que já respeitam seus correntistas e disponibilizam versões completas de seus Home/Office Bankings para todos os usuários, independentemente do Sistema Operacional escolhido.

Como estamos em período pré-carnaval, acredito que não seja a melhor hora para começar a campanha e prefiro marcar a data para o começo deste protesto para após carnaval. Sendo assim, fica marcado para início dos protestos o dia 22 com o primeiro banco.

Os tweets serão publicados com a hashtag #HomeBankLinuxJa que foi sugerida pelo @rpupe_guitarra.

Não sou correntista de todos os bancos e não tenho como saber todos que desrespeitam seus clientes, então peço que me ajudem para manter a lista de bancos atualizada. Acessem o endereço http://ubuntuone.com/4QAQ8OAi77ft9R4DqRmrUF que será o local oficial onde manterei a lista dos bancos desrespeitadores. Para adicionar novos bancos mandem uma mensagem via twitter para @ubunterobr.

Mais novidades informo aqui ou no twitter @ubunterobr.

Publicado em 16 de fevereiro de 2012 | 57 Comentários

Ivan Brasil Fuzzer

Ivan Brasil Fuzzer

Faço parte do grupo Tchelinux(http://www.tchelinux.org). O Tchelinux é um grupo de voluntários que trabalha com software livre e ainda acredita que boas coisas podem ser feitas nesta comunidade; desde que saibamos repassar aos que estão iniciando que Software Livre é um aprender e repassar o conhecimento incessante. Sou líder do Ubuntu-BR-RS juntamente com a Marta Vuelma. Tentamos divulgar a distribuição e auxiliar novos usuários por todo o estado do Rio Grande do Sul, as vezes em outros estados também. Sou um amante incondicional de software livre. Vivo apaixonado pelo Ubuntu.

Mais posts do autor (856)

57 Comentários

  1. Junior Moraes disse:

    To dentro! :-)

    []’s

  2. André Lima disse:

    Olá!!! acho legal a iniciativa!! mas eu não tenho esse tipo de problema com os bancos q eu utilizo. Eu uso o Santander, Itaú e HSBC em todos é possível acessar o homebanking (para pessoa física) sem problemas (apenas o hsbc tem algumas incompatibilidades como o Chrome e os outros 2 possuem sistema de segurança em java, mas infelizmente só funciona com o java da Oracle).

  3. Antonio Novaes disse:

    Mensagem ao clicar no link:
    Could not locate object

  4. Nanda disse:

    Quando clicamos para ver a lista de bancos, vemos o erro: “Could not locate object”

  5. Celso disse:

    Santander/Real, Itaú, Bradesco todos esses eu uso e funciona no linux perfeitamente. (chrome e firefox)

  6. Magnun Leno disse:

    Apoio totalmente, já estou divulgando no Twitter. Alguém bola um banner legal pra gente usar nos blogs?

  7. olá, sou usuário linux/mac e tive problemas com o itaú e seu guardião no mac, mas depois de muita luta eles desabilitaram o guardião da minha conta via o 0300 deles…

  8. Falcão DF disse:

    Não sei em relação a outros bancos, mas no Banco do Brasil eu acesso e realizo transações todos os dias sem nenhum problema (e eu já testei no Arch e no Ubuntu – com o java da Oracle, claro).

    Na Caixa eu também faço consultas sem problemas, embora ainda não tenha tentado fazer transações (por isso não posso garantir 100%).

    Eu realmente não entendi esse tópico…

    Se o problema é o Java da Oracle, no Windows também temos que instalar o java e ainda um tal de “módulo de segurança”. Ou seja, pelo menos no Banco do Brasil é mais fácil acessar o Home Banking no Linux do que pelo Windows…

  9. Fábio Lima disse:

    Banco do Brasil funciona perfeitamente no meu ubuntu. Sempre funcionou, não entendi a inclusão na lista….

  10. F3N1X disse:

    O Banco itau funciona perfeitamente no meu Debian, tanto no Firefox, como no Opera e no Chrome!

  11. Marco Carvalho disse:

    Já uso o homebanking do Itaú, Bradesco, Santander, Banco do Brasil e CEF em linux a muito tempo, sem maiores contratempos. Não vejo razão para a manifestação. Apenas o Bradesco Empresas exige Windows + Internet Explorer. Com esse não tem jeito! Como correntista, reclamo sempre que tentam bloquear o uso do linux.

  12. Marcos André Guimarães disse:

    Srs, assim como alguns manifestaram, eu também uso Itaú e Banco do Brasil através do Linux Ubuntu a bastante tempo e nunca tive maiores dificuldades.
    Seria interessante realizar uma filtragem real dos bancos que não prestigiam os correntistas usuários de sistemas Linux ou talvez verificar qual ou quais distribuições que apresentam problemas.
    Como usuário de Linux Ubuntu posso dizer que com essa distribuição não existem maiores problemas.

    • Sou correntista de penas 3 Bancos, um onde trabalho e mais dois. Nestes não enfrento problemas no HOME Bank, mas enfrento no OFFICE Bank. Dependo do que outros usuários me falam para completar a lista.

  13. Leonardo disse:

    Acho que a iniciativa é válida se as notícias sobre os bancos preterirem o linux em relação a outros sistemas operacionais se confirmarem. Pelo que vejo não são em todas as distribuições e nem todos os navegadores, contudo, no ubuntu com firefox 10 e chrome 17 não consigo acessar o Banco do Brasil. No Firefox o crash reinicia o navegador e o Chrome acusa Java não instalado. Sou sim à favor do respeito à diversidade e liberdade, então se for opções dos bancos “desistir” do linux, conte comigo para o manifesto.
    Abraço.

  14. Cálcio disse:

    Terá meu apoio com certeza. Assim q receber os twitters eu retuito.

  15. Cálcio disse:

    Para quem usa Itaú ele funciona bem, porem a tal ferramenta de segurança q eles anunciam e pedem para instalar ñ tem versão para Linux (pelo menos ñ para 64bits) já tentei instalar e nada.

  16. Gustavo disse:

    Olá… Hoje acessei o Itaú e ele me bloqueou via Chrome. Pelo Firefox permitiu a instalação corretamente. Usei o banco na boa.

    Meus dados:
    Ubuntu 11.10 64Bits
    Firefox 10.0.1
    Java Oracle jdk1.7.0

  17. Edvan Barros disse:

    ubunterobr posso copiar o texto e postar no meu blog ? irei informar a fonte e link originais…

  18. Acho legal a iniciativa, mas…

    Porquê só por twitter? Eu não tenho twitter e gostaria de participar do movimento. E aí?

  19. VPfsa disse:

    Como acabei de informar no site: http://sejalivre.org/usuarios-linux-querem-respeito-dos-bancos-em-apoio-ao-ubunterobr/

    Gostaria de informar em primeira mão pois acabo de conversar com o ITAU, que mesmo eles não conseguindo identificar o problema, apos uma atualização do FIREFOX para a versão 10.0.2, o programa de segurança deles encontra-se em funcionamento no UBUNTU 11.10. Fica a dica, recomendo verificarem em outros bancos.

  20. Bitetti disse:

    http://www.w3schools.com/browsers/browsers_os.asp

    Ignorar Linux é falta de consideração demais, principalmente que somos clientes pagantes.

  21. […] do post original http://www.ubuntero.com.br/2012/02/usuarios-linux-querem-respeito-dos-bancos/ Compartilhe isso:Gostar disso:GostoSeja o primeiro a gostar disso post. Esta entrada foi […]

  22. Eliane Domingos de Sousa disse:

    Bom dia!

    Apenas para compartilhar. Sou correntista dos bancos Itau e Bradesco para pessoa física e jurídica. Posso dizer que o Itau pediu a instalação de um software como recomendação de segurança e consegui fazer perfeitamente. Uso o ubuntu 11.10 64 bits e firefox 10.0.1. Consigo usar o Itau normalmente tanto para acesso a conta física quanto para a jurídica.

    O Bradesco funciona com acesso pelo linux para pessoa física, mas quando se trata de acesso via pessoa jurídica, você senta e chora, pois vem logo uma mensagem lhe informando que este serviço só pode ser acessado pelo internet explorer.

    Na minha opinião, o desrespeito não é só de bancos. Temos também desrespeito de sites de governo. Recentemente reclamei, vejam, é uma violação dos direitos humanos. http://www.compras.rj.gov.br/publico/informacoes.asp

    Acho que deveríamos gritar de forma global. Tem muito site que não nos permite acessar a informação.

    Fica aí a minha contribuição. Grande abraço e parabéns pela iniciativa.

  23. adriano disse:

    bahhh. eu mesmo postei email reclamando q não conseguia acessar pelo linux. só deu o Bradesco. a caixa e o bb nunca consegui. isso q o governo um tempo fazia propagando do linux. é um saco!!!! coisa de enervar!!! dando os links eu vou mandar meu protesto com certeza!!

  24. hpfn disse:

    uso o itau sem problemas, alguma função, em especial, que não funcione?

  25. Adorilson disse:

    Olá,

    eu apoio a iniciativa. Mas acredito que algumas coisa precisam ser revistas/detalhadas.

    Sou cliente PF do Banco de Brasil e da CEF, e acesso ambos tanto do Ubuntu, quanto do Fedora 15. Então acredito que esses bancos não deveriam estar nessa “lista negra”, pelo menos não desse jeito.

    A situação de cada banco deveria ser mais detalhada, por exemplo, se o problema é com PJ, isso deve ser esclarecido.

  26. gustavo disse:

    No Santander aqui funciona bacaninha e utilizo o openjdk, chrome e ubuntu 11.10.

  27. Eurico disse:

    É mais do que claro de que nós temos o direito inconstitucional de sermos respeitados em nossa opção. Temos que nos unir às outras minorias que também tem seus direitos violados. Quanto mais gritarmos, mais seremos ouvidos.

  28. Eurico disse:

    Desculpem-me, onde se lê “inconstitucional”, leia-se “constitucional”

  29. Eu consigo acessar minhas contas Caixa e Banco do Brasil tranquilamente pelo Mozilla. Há algo errado com apuração destes dados…

    • Sócrates,

      A lista está baseada no que os usuários estão relatando, não no que eu passei. Estou considerando esperar um pouco mais para ter certeza dos bancos que merecem ser “vítimas” dos protestos.

  30. Marcelo Caldeira disse:

    Sou correntista do Banco do Brasil e passo por esse problema. Penso que o BB e a Caixa, pelo fato de envolver dinheiro público, deveriam dar exemplo. O curioso é que os caixas eletrônicos usam Linux, então porque não liberar o acesso dos correntistas pelo pinguim? Outra coisa, existem sites como “Reclamar adianta” que poderiam servir como base para essa campanha, já que lá é um espaço consagrado para as queixas dos consumidores. O que vocês acham?

  31. @wmcorreia disse:

    Sou cliente Santander e uso perfeitamente TODO O HOME BANKING. Para quem também for e não conseguir, é só atualizar o seu java, que necessariamente tem que ser o da Oracle. e UALÁ

  32. Fabio disse:

    O Itaú agora obriga a instalação de um componente chamado Guardião que não funciona em máquinas com Linux. Desta forma, desde a semana passada estou impedido de usar o Internet Banking. Já fiz reclamações ao gerente da minha agência, e nos canais de relacionamento do Itaú (telefone e Facebook). Disseram que não há previsão para resolver. Achei um enorme desrespeito ao cliente.

  33. Clayton VIVA disse:

    Olá, tudo blz?

    No caso da caixa (CEF) o que não funciona no linux é a identificação do computador, recurso este que pode ser desabilitado na agencia ou pelo internet banking num windows.

    Já o BB, sentiu o problema da mudança do java, com o openjdk ele funciona no firefox e com o java da sun no chromium/chrome (bizu no site:http://forum.clubedohardware.com.br/tutorial-banco-brasil/983134?s=6dab82ab2438a765936baa74053abf38&)

    Com o Santander eu não tive problemas, mas quem tiver, e só acessá-lo num linux, pode ligar para a agência e informar o fato que eles desativam a necessidade do módulo de segurança.

    Infelizmente só conheço pessoas com estes bancos e não sei como está o acesso aos outros bancos via linux.

    Recomendo que seja feita uma enquete para saber se a pessoa tem dificuldade e, caso sim e tenha uma solução, um tutorial (ou mais de um) seja exibido a ela e só compute o resultado caso ela informe que já tentou o tutorial e não teve sucesso (pq tb não adianta funcionar só pra quem é experiente em informática).

    Acredito que seja difícil pra vc ter um tutorial para para todos os bancos e navegadores, por isso sugiro a criação de um local onde se possa colocar um link ou escrever o tutorial mesmo, assim usamos a força da comunidade a nosso favor.

    Desculpe se falei demais.

    Obrigado.

  34. Pedro disse:

    Ja temos detalhes sobre Caixa, Santander e BB. Ja utilizei Itau e tambem BB e não tive problemas, Itau possui um metodo simples, funciona em qualquer browser e o BB necessita apenas do java.

    Acho que o melhor é ligar para o Gerente e falar: “Vou para um banco que entenda que uso linux!” Se voce tiver uma quantia interessante em sua conta, acho que vai ser atendido mais rapidamente.

  35. @wmcorreia disse:

    Ivan qual banco vc usa?

  36. Josir disse:

    Muito boa iniciativa! Algumas atualizações:

    ITAU: Depois de tantas reclamações no ReclameAqui e no próprio SAC do Itau, eles já habilitaram o Guardião para rodar no Linux. Está funcionando normalmente tanto pessoa física como jurídica. Se não está funcionando, é problema do Java.

    BB: Sempre funcionou 100% – se não está funcionando é porque o Java não está funcionando no browser.

    SANTANDER: Não funciona MESMO nem pessoa física, nem pessoa jurídica. Só no Windows. É uma vergonha…

    CEF: Funciona bem no Linux somente para consulta. Nunca precisei de fazer movimentações.

    • Josir,

      Bom saber algumas informações sobre o que falou no seu comentário.

      BB funciona 100% o Home Bank, mas e o Office? Até a data que eu pude testar o Office não funcionava!

      CEF eu só usei para pesquisa também e foi o Home, nunca tentei uar o Office.

  37. Weigle Correia (@wmcorreia) disse:

    Bom, eu já disse em postagens anteriores o do SANTANDER FUNCIONA; eu uso!
    Lembrando que só funciona tendo o JAVA DA ORACLE pois o módulo de segurança só funciona com este java. ;D

  38. MkkJR disse:

    Caros Amigos, sugiro antes de jogarem o problema na rede, tentem descobrir se realmente não funciona , por exemplo atendo um cliente que as estações de trabalho são Ubuntu 10 e algumas 11 , depois de uns testes descobri que o Acesso ao Banrisul era apenas acerto do JAVA DA SUN , inclusive para a leitora dos cartões de segurança. assim como acesso ao Bradesco , sugiro tambem que a pessoa que tenha problema descreva-o , pois por exemplo tenho acesso total ao Banrisul home/office só que alguns programas nao rodam no linux por exemplo emissor de boletos bancários só rodam em windows , assim sabendo realmente o que nao tenham acesso poderemos tentar ajudar !, para usuarios Banrisul vejam em http://www.gmigos.com.br/index.php/tutoriais/linux/68-leitora-de-cartao-scr35xx-no-ubuntu.html

  39. Paulo disse:

    Nunca tive problemas com o bb no linux…
    Muito simples e pratico.
    Agora resta saber se a segurança é a mesma do I.E. que recebe o plugin.????

  40. Alex Souza disse:

    È isso ai boa iniciativa, eles ganham muito dinheiro e nao investe em comodidade para o cliente ou melhor uma obrigação.

  41. Marcos disse:

    O itau desde a versão 6 do Ubuntu acesso tranquilamente o internet bank. Eles usam uma forma simples de autenticação, suportada pelos principal browsers (IE, firefox, Chrome) independente do sistema operacional. Não tem plugin nem java embutido. Sempre achei um ótimo internet bank. Achei até estranho ele não estar na lista dos bancos que suportam linux, porque a muito tempo ele suporta e acredito que não só linux, mas o Mac também. E não trabalho no banco rs, é que temos que elogiar quando o um bom trabalho é feito. Já as taxas são outra estória.

  42. Walker disse:

    Segue o meu relato, estou procurando os meios jurídicos para resolver a situação.

    Reclamante: Walker Gusmão Leite
    Reclamada: Banco do Brasil
    Cargo: Auxiliar Técnico em Informática
    Empresa: Primeira Igreja Batista Bíblica
    CNPJ: 16211054-0001/36
    Reclamação: O módulo de segurança do Internet Banking do Banco do Brasil não funciona no sistema operacional Ubuntu GNU/Linux 12.04 versão 64 bits no navegador Mozilla Firefox, mas apenas na versão 32 bits, a qual não suporta todas as características de hardware do equipamento (8GB de memória RAM).
    Procedimento: Ligação realizada para o SAC 3003-0500 no dia 11 de Novembro de 2013, às 11:00 horas, protocolo 21883446. A reclamação foi realizada e o atendente informou não haver suporte para distribuições GNU/Linux 64 bits. O reclamante requisitou a desativação do módulo de segurança, para que o problema fosse resolvido e o acesso normalizado, porém o atendente informou que esse procedimento somente pode ocorrer caso o usuário utilize o Internet Explorer no sistema operacional Windows XP ou posterior. O atendente abriu um chamado para o suporte técnico, e solicitou ao reclamante que aguardasse retorno via telefone de um técnico. No mesmo dia, às 16:21 horas o técnico Lauro retornou a ligação e informou que não era possível utilizar o sistema do banco em sistemas operacionais GNU/Linux 64 bits, e que a desativação do módulo de segurança não era possível. O reclamante informou que iria procurar os meios legais de resolver a situação.

    Reclamante: Walker Gusmão Leite
    Reclamada: Bradesco
    Cargo: Auxiliar Técnico em Informática
    Empresa: Primeira Igreja Batista Bíblica
    CNPJ: 16211054-0001/36
    Reclamação: O Internet Banking do Banco Bradesco, Bradesco Net Empresa, não funciona em nenhum navegador no sistema operacional Ubuntu GNU/Linux 12.04 versão 64 bits, nem em nenhuma outra distribuição GNU/Linux, apresentando o erro: Sistema Operacional não suportado.
    Procedimento: Ligação realizada para o SAC 080070483, no dia 11 de Novembro de 2013, às 12:41 horas, atendente Vanessa Batista, supervisor Renan Diogo. Após a reclamação, a atendente informou que somente os navegadores Internet Explorer, Mozilla Firefox e Google Chrome para o sistema operacional Windows XP ou posterior suportavam o Bradesco Net Empresa. O reclamante solicitou o número de protocolo para formalização da reclamação, porém não foi fornecido. Foi solicitado um número de contato para Ouvidoria para formalização da queixa, o número informado foi 080070483. Porém após várias tentativas, não foi possível estabelecer contato através desse número, porque a linha estava, todas as vezes, ocupada.

    • Cara, esses casos são bons exemplos de falta de respeito. O Bradesco fazer isso eu até entendo, é empresa privada e faz o que bem entender, mas o Banco do Brasil é público e não pode limitar o acesso.

    • Walker, você chegou a tentar o método que eu ensino em meu tutorial? Neste mesmo fórum há um post meu, de 2012, sugerindo isso. O meu tutorial está hospedado em forum.clubedohardware.com.br/tutorial-banco-brasil/983134

      Postei esse tutorial em 2011 e venho atualizando ele até hoje. O tutorial é voltado para usuários de Ubuntu de 32 e 64 bits (principalmente porque atualmente eu uso o XUbuntu 12.04).

      Se o website do seu banco funciona com o java da Sun/Oracle, então ele vai ter que funcionar com o java da Sun dentro do Linux, porque o java é multiplataforma, ou seja, é independente do sistema operacional!

      Não faz sentido o website do seu banco informar que o sistema operacional “não é suportado”, haha, chega a ser engraçado, porque é sem nexo! Java é independente de plataforma! O negócio é fazer o plugin java da Sun funcionar no seu navegador. Faça isso e, se o internet banking do Bradesco realmente depender do java da Sun/Oracle para funcionar, ele vai ter que funcionar no seu sistema GNU/Linux.

      Abraço.

Deixe seu comentário

Website