Resposta do Bradesco

Categoria: Ubuntu | Palavras-chave: , , , , ,

Como o protesto contra os Bancos que não respeitam seus clientes não pode sair devido a divergências nas informações referentes a o que funciona ou não em cada um, resolvi entrar em contato direto com os Bancos para saber o que eles tem a dizer. Por enquanto só um banco respondeu e este Banco foi o Bradesco.

Segue a resposta na íntegra.

“Agradecemos sua manifestação.

Informamos que o acesso ao Net Empresa deve ser realizado pelo sistema operacional Windows e Navegador Internet Explorer.

Conforme parecer da equipe responsável, esclarecemos que já temos projeto em andamento para a disponibilização do acesso ao site Net Empresa por outros navegadores e sistemas operacionais, todavia ainda sem prazo de implantação.

Poderá também consultar nossa página Pessoa Jurídica a fim de obter orientações sobre a navegação ao Macintosh ou Linux por meio de um virtualizador. Para isso basta acessar www.bradescopessoajuridica.com.br, “Como usar”, “Sou usuário de Macintosh” ou “Sou usuário do Linux”.

Obs.: Caso tenha interesse em utilizar o virtualizador, poderá enviar um e-mail para o apoioaempresa@bradesco.com.br solicitando o passo a passo dos procedimentos a serem realizados.”

A pergunta era relativa aos serviços Home e Office Bank, mas o Bradesco respondeu apenas sobre o Office Bank.

Publicado em 20 de Março de 2012 | 19 Comentários

Ivan Brasil Fuzzer

Ivan Brasil Fuzzer

Faço parte do grupo Tchelinux(http://www.tchelinux.org). O Tchelinux é um grupo de voluntários que trabalha com software livre e ainda acredita que boas coisas podem ser feitas nesta comunidade; desde que saibamos repassar aos que estão iniciando que Software Livre é um aprender e repassar o conhecimento incessante. Sou líder do Ubuntu-BR-RS juntamente com a Marta Vuelma. Tentamos divulgar a distribuição e auxiliar novos usuários por todo o estado do Rio Grande do Sul, as vezes em outros estados também. Sou um amante incondicional de software livre. Vivo apaixonado pelo Ubuntu.

Mais posts do autor (856)

19 Comentários

  1. Leonardo Rocha disse:

    Sou usuário do Internet Banking Bradesco comum (creio que isso foi o que quis dizer com “home bank”) e tenho total acesso via Ubuntu.

    O site foi atualizado recentemente, passando a utilizar novas tecnologias, permitindo o acesso através de todos os sistemas operacionais. Porém, mesmo na versão anterior, nunca tive problemas em acessá-lo com o Chrome no Ubuntu.

  2. Adam disse:

    Falou e não disse nada………….

    Ao que parece, quizeram dizer que: não tem prioridade, se der e quando puder a gente faz.

    Para mim, esta claro que quem quizer usa a virtualização.

  3. Leonardo Amaral disse:

    A reclamação ao homebanking improcede: O homebanking do Bradesco e o unico que não da nenhum tipo de problema no Linux (mesmo usando token), tem uma interface magnífica e realmente moderna (caixa, BB, itau principalmente e satander estou olhando para vocês). Nunca tive um erro de JS, nunca congelou meu firefox, nunca zoou operações financeiras por causa de algo mal educado. O empresas ainda e infernal, mas o Bradesco foi pioneiro em fazer um homebanking decente, e conseguiram – inclusive não cancelei minha conta e a mantive como principal por isso. Nota mental: O bradesco sempre resolveu meus problemas em roa Ming, a caixa quer que eu saia de São Carlos para Belo Horizonte só para refazer minha assinatura eletrônica – cancelada arbitrariamente sem nenhum contrato e ninguém da cef daqui de São Carlos resolveu, me mandando todos para BH.

    • Nao enviei email reclamando, apenas pedi informacoes e o Bradesco foi o unico que respondeu algo ate agora!
      O Banrisul tambem funciona no linux para pessoa fisica e ha bastante tempo!

  4. david disse:

    refefente ao HOME acho que isso deixa claro que o bradesco so esta preocupado com o lado empresarial, ou seja, nao tem preocupação com o usuario simples de seus serviços.

  5. Dennis A. disse:

    Como já comentaram, para pessoa física acessar o internet banking é bem simples, sem muito stress. Precisa apenas do cartão, da senha e daquela senha especial do cartão deles.

    Nunca tive problemas, mas também nunca precisei fazer operações complexas.

  6. Bitetti disse:

    Essa historia de estarem estudando o suporte para outros SO e navegadores é tudo papo furado.
    Sei disso pq uma vez fiz uma entrevista de emprego numa firma que fez os clientes adotarem o IE como padrão. Ai vc pensa: Ao invés de sugerir o Firefox ou Chrome por razões de segurança eles “obrigam” a usar o IE como padrão? A resposta é pq os desenvolvedores ou tem preguiça de sair da IDE da MS ou são mau pagos para fazer isso.
    Larguei mão hahuauauha

  7. Luiz Fernando disse:

    Eu sou usuário do internet banking Bradesco para pessoa física e o meu acesso funciona perfeitamente no Ubuntu 11.10. O acesso ao Santander também funciona, mas é necessário instalar o Java da Oracle.
    Parabéns pela iniciativa de cobrar os bancos para que eles tornem sus serviços pela internet compatíveis com o Linux, pois qualquer um sabe que é perfeitamente possível fazer um sistema que funcione em todos os navegadores, rodando em qualquer sistema operacional.

  8. Paulo Brito disse:

    Sou usuário do internet Banking do Itaú e já estava quase mudando de banco (só vou em agência pra sacar dinheiro) quando resolvi testar o “Gardião 30 horas” com o Java 7. Funcionou.

    Mas nem a equipe de suporte sabia disso. Acho que nem devem saber até agora, porque fiquei totalmente por minha conta pra encontrar a solução.

    O que eles informam é que precisa-se utilizar a última versão do java, mas no site de download a última versão é a 6.31, a qual eu já tinha instalado e não dava acesso às operações.

  9. Adam disse:

    Sou usuário Ubuntu e acesso Banco do Brasil e Itau sem problemas, show de bola.

  10. O Itau me quebro as perna com a obrigação de baixar um tau de protetor de transação,mais como eu não uso o windows em casa já era..

    Agora tenho que ir sempre ao caixa eletrônico pagar minha contas…
    E minha pergunta nunca foi respondida.

    ¬¬

    Evoluir faz parte

  11. Para pessoa física, o internet banking do Bradesco funciona perfeitamente em qualquer distribuição linux, tenho conta e é um excelente banco.

    O problema é para pessoa jurídica(empresas, associações, etc.), que ainda só funciona no Windows.

  12. Felipe Lima disse:

    Tche, sou user linux a uns 5 anos e cliente do Bradesco à 7 anos. No inicio, tive alguns problemas para acessar o Home Banking pelo Linux…mas de uns 3 anos para cá, o acesso é muito bom e tranquilo. Já acessei usando Firefox com Ubuntu e Fedora e, se a máquina é zero, a única coisa que precisa instalar é um plugin para o flash. Tudo funciona no Home Banking: Extrato, Pagamento, Transferencia, comprovante de pagamentos……
    O Bradesco (para acesso de pessoa física) esta de parabens, pois é fácil mesmo se a pessoa não tem conhecimento em linux, acho até que seja mais fácil que no Windows.
    É isso ai, só queria deixar o relato ai de quem usa Linux e Bradesco juntos todos os dias!!! Valeu

    • Felipe,

      Como começou falando gauches fiquei curioso, de onde falas? Também somos gaúchos!
      A ideia de contato direto com os bancos surgiu pela discrepância de depoimentos de usuários de mesmos bancos onde para alguns tudo funcionava e para outros nada funcionava.

  13. Felipe Lima disse:

    Opa Ivan, sou de Porto Alegre!!!

    Achei muito bom quando li o tweet dizendo que após o carnaval iria abordar este assunto!! Assim como toda a comunidade, acho um absurdo os bancos não darem suporte. Aqui em casa o pessoal usa o Banrisul e é preciso fazer algumas coisas para funcionar o acesso.
    Com todo o dinheiro que eles arrecadam, não acredito que seja por falta de condicoes não dar suporte ao Linux.

  14. Junior disse:

    Se não tem prazo, não pode ser chamado de projeto, mas apenas de boa intenção

    =))

  15. Marcelo Ágil disse:

    Ao pessoal que está massacrando o Bradesco, estou utilizando bradesco empresa no Linux, através do Chrome, usando token, sem problemas.

    O que me surpreendeu foi que o processo foi mais fácil que no próprio Windows. Sem instalar nada nada, estou até achando bom demais pra ser verdade!

    Para quem não sabe, no Windows pede uma leva de funções, inclusive certificado digital. Um saco.

Deixe seu comentário

Website