Novo Atualizador de programas no Ubuntu 13.04

Imagem no Atualizador de programas do Ubuntu

Imagem no novo Atualizador de programas do Ubuntu 13.04

Atualização fresquinha de hoje mostra nova interface do Atualizador de programas do Ubuntu 13.04 – Raring Ringtail. Entre as mudanças o que mais chama a atenção, e eu gostei bastante, é a categorização das atualizações.

O que dá para ver por enquanto, até que saiam mais atualizações e eu possa analisar melhor, é isto.

E aí, gostaram desta atualização? Fiquem ligados que logo damos mais detalhes.

12 Aplicativos padrão para o Ubuntu Phone “criados pela comunidade”

Telefone naturalmente elegante

12 Aplicativos padrão do Ubuntu Phone serão desenvolvidos pela Comunidade

A Canonical está fazendo uma chamada por voluntários para desenvolver o design dos aplicativos padrão do Ubuntu Phone. Depois de ser criticada por desenvolver o sistema em segredo, principalmente para a comunidade, a empresa aposta na participação de voluntários para que o “core” do Ubuntu Phone seja desenhado.

A primeira chamada por desenvolvedores já foi um grande sucesso, mas se você é um desenvolvedor já sabe que programador não sabe fazer tela bonita não é?

Se você tem o dom do design, vá em cada página da wiki abaixo e deixe suas sugestões nos aplicativos.

Mais informações podem ser obtidas no blog do Jono Bacon.

Ubuntu-BR-SC lança servidor de jogos

Servidor Games Killing Floor Ubuntu-BR-SC

night-of-the-living-dead
Anunciado no dia 16 de janeiro em um keynote de lançamento da nova versão do blog Ubuntu-BR-SC, o servidor de jogos do blog Ubuntu-BR-SC foi ao ar ontem a noite.

O servidor recebeu o nome Romero, em homenagem a George Romero, diretor do clássico Night of the Living Dead de 1968. O primeiro jogo disponível é Killing Floor, um survivor horror cooperativo que provavelmente inspirou a Valve a criar Left 4 Dead.

Para conectar e jogar, basta clicar em multiplayer, depois em internet games e procurar pelo nosso servidor. Você pode usar os filtros na parte da baixo da tela, que limitam o número de servidores mostrados.

IP do servidor: 199.241.29.133

Título: Ubuntu-BR-SC | www.ubuntubrsc.com

Senha: ubuntuftw

Dificuldade: beginner

Recuro anti-cheat da Valve: ativo

Mais informações podem ser conferidas no post do blog Ubuntu-BR-SC.

Ubuntu se tornará “rolling release” ?

Ubuntu se tornará rolling release?

A resposta a esta pergunta é sim ao que tudo indica, mas fiquem calmos, as versões LTS continuam existindo.

Em um hangout que você pode assistir no final do post, a gerente do time do kernel da Canonical, Leann Ogasawara, disse que a proposta foi lançada e a ideia é lançar as novidades quando elas aparecem e não apenas a cada 6 meses. Isto não significa que as versões LTS vão deixar de existir, muito pelo contrário. A cada 2 anos uma versão LTS continuará sendo lançada com o conhecido suporte de 5 anos sem nenhuma mudança.

Resumindo, o que termos serão as versões LTS como conhecemos e entre as versões LTS termos muitas atualizações diárias e não mais duas versões com intervalos de 6 meses.

Esta mudança entraria em vigor depois do lançamento do Ubuntu 14.04.

O que acham desta possível novidade? Concordam com a mudança ou não gostaram da possibilidade? Deixem suas considerações nos comentários.

Valve recomenda Linux para usuários Windows

Steam recomenda Linux

Steam recomenda Linux

O primeiro passo já havia sido dado pela Valve ao lançar o Steam para Linux, mas agora a coisa ficou realmente séria. Usuários do sistema operacional Windows da Microsoft recebem a recomendação de fazer a mudança de sistema operacional ao entrar na página de download do cliente da empresa.

Para usuários Linux, ao entrar na página de downloads do Steam, um Tux já era mostrado para que fosse feito o download da versão beta. Agora os usuários de Windows também recebem a mesma mensagem com o Tux na tela e são encorajados a baixar o Ubuntu e testar o sistema Operacional juntamente com o cliente para Linux.

Fonte: Slashdot Games

Hardwareinfo – Checando as informações de hardware

Detail Hardwareinfo

Hardwareinfo é mais um utilitário (bem completo) que mostra informações detalhadas sobre o sistema. Ele retorna informações sobre a placa mãe, processador, memória RAM, GPU, HDD, dispositivos USB, sensores e muitos outros tipos de hardware.

Hardwareinfo - Checando as informações de hardware

Apesar de visualmente simples, ele é capaz de retornar informações completas não só do hardware, mas de software, como versão do Kernel, tipo de Distribuição, uso de CPU e memória RAM, informação de Usuários, BIOS, Logs, dentre outros detalhes. Apesar das informações retornarem aparentemente meio “jogadas”, dá para entender sem muito esforço. Além do mais, ele tem a opção de retornar as informações através de um arquivo HTML, mais organizado.

hardwareinfo - kernelM

Hardwareinfo no Ubuntu

Para instalar o Hardwareinfo é simples, basta abrir o terminal Ctrl+Alt+T e digitar/copiar os comandos:

wget -O hardwareinfo.deb http://goo.gl/ulJfL
sudo dpkg -i hardwareinfo.deb

Dependendo da versão do Ubuntu, pode acontecer algum erro ao tentar instalar. Para corrigir, ao finalizar os comandos acima, execute o comando abaixo:

sudo apt-get -f install

Via NoobsLab.

Abraços e até a próxima.

Comprimindo imagens com o Trimage

Trimage - Compressão de imagens no Ubuntu

Precisando diminuir o tamanho em disco de arquivos de imagem mas sem diminuir a qualidade ou resolução? Use o Trimage para comprimir seus arquivos.

O Trimage é um software multi-plataforma e linha de comando que  utiliza-se dos mais altos níveis de compressão disponíveis para diminuir o tamanho de arquivos de imagens sem perda de qualidade (via OptiPNG, Pngcrush, advpng e jpegoptim dependendo do arquivo – no momento só são suportados PNG e JPEG.). Seu uso é simples: basta selecionar um arquivo (ou vários) que ele comprimi automaticamente.

Trimage - comprime imagens multi-plataforma

Nem sempre os resultados são perceptíveis (em alguns testes ele chegou a comprimir certo arquivo em apensa 0,1%, já outros arquivos chegaram a comprimir mais de 40% do tamanho), entretanto, para quem precisa de arquivos menores mantendo a mesma qualidade, o Trimage se sai como um bom companheiro.

A instalação pode ocorrer via Central de Programas do Ubuntu ou através do Terminal.

No Ubuntu 12.10/12.04/11.10/11.04 para instalar via linha de comando, basta ir no terminal e digitar:

sudo apt-get install trimage

Para quem ainda usa o Ubuntu 10.10/10.04/9.04 é preciso adicionar o repositório:

sudo add-apt-repository ppa:kilian/trimage
sudo apt-get update
sudo apt-get install trimage

Para quem preferir, é possível utilizar o Trimage via linha de comando.
Para comprimir um arquivo específico faça (um dos dois comandos):

trimage -f FILENAME
trimage --file=FILENAME

Substituindo FILENAME pelo nome do seu arquivo.
Para comprimir os arquivos de um diretório inteiro faça (um dos dois comandos):

trimage -d DIRETORIO
trimage --directory=DIRETORIO

Também substituindo DIRETORIO pelo nome do diretório que possui os arquivos.
As demais opções no terminal são:

--version (Versão de Software)
-h, --help (Ajuda)
-v, --verbose (Modo padrão)
-q, --quiet (Quiet Mode)

Como de costume, espero que a dica seja útil, e qualquer observação é só colocar nos comentários

Vi enquanto navegava pelo noobsLAB. Peguei os códigos da linha de comando no Site do desenvolvedor

Abraços.

Problema com flash no Steam 64 bits

Corrigindo erro do flash do Steam no Ubuntu 64 bits

Problema com flash no Steam Ubuntu 64 bits

Se você, com muitos Ubunteros, está usando o Steam Beta e seu Ubuntu é 64 bits, já deve ter notado que os vídeos em flash não são mostrados. O problema é simples de ser resolvido e é causado pelo Steam não pegar o flash instalado no sistema, ele usa um que deveria estar na pasta de configuração do próprio Steam, mas não está.

Para contornar este pequeno empecilho siga estes passos:

  1. Baixe o flash do site por este link.
  2. Descompacte o arquivo libflashplayer.so na sua pasta pessoal.
  3. Crie o diretório de plugins com o comando
    mkdir -p ~/.local/share/Steam/ubuntu12_32/plugins
  4. Copie o arquivo libflashplayer.so para a pasta criada com o comando
    cp ~/install_flash_player_11_linux.i386/libflashplayer.so ~/.local/share/Steam/ubuntu12_32/plugins
  5. Instale o pacote com o comando
    sudo apt-get install libxt6:i386
  6. Reinicie o Steam.

No meu caso que tinha instalado o Steam no primeiro beta que apareceu de forma extra oficial, foi necessário mais um passo que foi copiar o arquivo libflashplayer.so para outro tiretório. Para isso usei os seguintes comandos:

mkdir ~/Steam/ubuntu12_32/plugins
cp libflashplayer.so ~/Steam/ubuntu12_32/plugins/

Pronto, agora você pode ver os vídeos dos jogos antes de baixar.

Fonte: WebUpd8

Psensor – Uma forma fácil de verificar a temperatura do processador

Gráfico e temperatura no lançador

Olá pessoal!

Dessa vez venho trazer uma dica interessante e bastante simples para quem precisa saber a temperatura do processador. O aplicativo Psensor.

Se você assim como eu, sofre com o notebook esquentando, seja no colo, seja na mesa, seja em qualquer lugar que for e se preocupa com a temperatura de sua máquina, o Psensor poderá ser uma ajuda e tanto para evitar que seu PC saia fritando coisas por aí.

Este software retorna em tempo real a temperatura dos núcleos de seu processador. Em uma janela, além das informações de temperatura, ele também gera um gráfico que inclui o uso da CPU. Esse recurso é bem interessante para quem está monitorando a alteração de temperatura na hora da troca de sistemas em dual boot por exemplo.

Gráfico e temperatura no lançador

Entretanto, para não precisar ficar abrindo o software várias vezes para verificar qualquer alteração, o Psensor utiliza-se de um indicador no painel do Unity com as temperaturas e, mesmo se a janela não estiver aberta (mas o software estiver em execução) ele tem a opção de ativar a exibição de temperatura no próprio ícone no lançador do Unity. Basta ativar nas configurações.

Preferências Psensor

Para instalá-lo é simples, basta executar no Terminal:

sudo apt-get install psensor

Ou, se preferir, procurar por ‘Psensor’ na Central de Programas do Ubuntu e instalá-lo diretamente por lá.

Espero que a dica seja útil à vocês assim como foi para mim! E desde já, se você conhece outro software, melhor, mais prático ou mais completo, manda a sugestão aí nos comentários.

Abraços.

Firefox 18 é lançado com poucas novidades

Habilitar webrtc no Firefox (1)

O Mozilla Firefox 18 veio sem grandes novidades visuais, somente correções de segurança e melhorias em performance no suporte ao JavaScript. O melhor desempenho do JavaScript ocorreu devido a troca da engine compiladora, utilizando agora a IonMonkey.

Usuários do Mac que possuem tela de Retina em seus equipamentos notaram grande melhoria no visual, agora o Firefox passa a suportar completamente a nova tecnologia da Apple.

Outra novidade que ainda não está pronta mas já foi colocada em testes é o suporte a WebRTC – Web Real-Time Communication. Em breve será possível fazer chamadas por VoIP, chat em vídeo e compartilhamento P2P sem a necessidade de plugins nos navegadores de internet. Como a tecnologia ainda está em desenvolvimento ela não está habilitada por padrão, mas para quem quiser ver como é a WebRTC poderá habilitar digitando about:config na barra de navegação, depois procure por media.peerconnection.enabled, media.navigador.enabled e media.navigator.permission.disabled e mude o campo valor para true.

Habilitar webrtc no Firefox (1) Habilitar webrtc no Firefox (2)

Assista ao vídeo abaixo e veja o WebRTC em ação:

Assistir no Youtube

WebRTC é um projeto livre e aberto com iniciativa e apoio pelo Google, Mozilla e Opera.

Mais novidades estão previstas para o Firefox 19 que será lançado em breve, entre elas o visualizador de PDF direto no browser, que será possível abrir arquivos PDF sem a necessidade de aplicativos de terceiros.