Ubuntu se tornará “rolling release” ?

Categoria: Ubuntu | Palavras-chave: , , ,

A resposta a esta pergunta é sim ao que tudo indica, mas fiquem calmos, as versões LTS continuam existindo.

Em um hangout que você pode assistir no final do post, a gerente do time do kernel da Canonical, Leann Ogasawara, disse que a proposta foi lançada e a ideia é lançar as novidades quando elas aparecem e não apenas a cada 6 meses. Isto não significa que as versões LTS vão deixar de existir, muito pelo contrário. A cada 2 anos uma versão LTS continuará sendo lançada com o conhecido suporte de 5 anos sem nenhuma mudança.

Resumindo, o que termos serão as versões LTS como conhecemos e entre as versões LTS termos muitas atualizações diárias e não mais duas versões com intervalos de 6 meses.

Esta mudança entraria em vigor depois do lançamento do Ubuntu 14.04.

O que acham desta possível novidade? Concordam com a mudança ou não gostaram da possibilidade? Deixem suas considerações nos comentários.

Publicado em 23 de Janeiro de 2013 | 3 Comentários

Ivan Brasil Fuzzer

Ivan Brasil Fuzzer

Faço parte do grupo Tchelinux(http://www.tchelinux.org). O Tchelinux é um grupo de voluntários que trabalha com software livre e ainda acredita que boas coisas podem ser feitas nesta comunidade; desde que saibamos repassar aos que estão iniciando que Software Livre é um aprender e repassar o conhecimento incessante. Sou líder do Ubuntu-BR-RS juntamente com a Marta Vuelma. Tentamos divulgar a distribuição e auxiliar novos usuários por todo o estado do Rio Grande do Sul, as vezes em outros estados também. Sou um amante incondicional de software livre. Vivo apaixonado pelo Ubuntu.

Mais posts do autor (856)

3 Comentários

  1. Vitor disse:

    Interessante, é um esquema mais interessante que o lançamento de uma nova versão.

  2. pra ser sincero, sempre tive problemas serios com as versoes .04 do ubuntu e sempre preferi as .10… bom… mas como as novidades serão mais rapidas xD instalarei a .04 em julho kkkkk

  3. Resumindo: rolling release iria simplificar tudo.
    Aqueles que gostam de novidades poderão usar logo, sem precisar esperar 6 meses até o lançamento da nova versão e fazer uma “atualização” do sistema.

    Já para aqueles que precisam de um sistema mais estável e aonde as novidades não são tão importantes, a versão LTS seria a mais indicada.

    Até o lançamento do Ubuntu 14.04 muita coisa pode ser mudada, mas pessoalmente apoio e achei bastante interessante essa novidade.

Deixe seu comentário

Website