Google e suas brincadeiras de atualizar software

Categoria: Geral | Palavras-chave: , , ,

Não é segredo para ninguém que eu e o Google não nos damos muito bem e que me envergonha quem adora esta empresa. Não estou falando dos casos de “auxílio” em “investigações” feitas pela NSA, estou falando da péssima qualidade da maioria de seus softwares. Infelizmente, muitos fãs não conseguem ver isto.

Pela terceira vez o Google nos impediu de gravar um hangout. Novamente após uma atualização de seu software, o próprio hangout. A mudança de interface foi boa no quesito visual, mas não está funcionando adequadamente. O controle de qualidade da imagem para se adequar a velocidade da conexão simplesmente não funciona. Tivemos problemas para enviar os convites para os convidados que sequer receberam. Quando cliquei para iniciar o hangout ao vivo, me pulou um erro de servidor e eu não consegui mais voltar para ao hangout que eu tinha começado, os convidados que já tinham entrado continuaram conectados, mas impossibilitados de prosseguir. Sempre que isto acontece, preciso de pelo menos 24 horas para começar ou participar de algum hangout.

O google chrome é um software que jogou no lixo o sistema de versionamento, lançando uma nova versão a cada pixel que muda de lugar. Além disso, engana seus usuários dizendo que usa pouca memória, enquanto se divide em vários processos que consomem o dobro ou até o triplo da concorrência. Velocidade, apenas quem quer consegue ver isto como vantagem, pois ela não está lá.

O Android, que era o que eu ainda defendia um pouco, agora declarou a obsolescência programada dando suporte de 18 meses a aparelhos, uma verdadeira piada.

Está explicado porque o Opencast ainda não foi ao ar. Já estou analisando outras alternativas, mas todas envolvem pararmos de disponibilizarmos vídeos e áudio ao vivo.

PS: Falei de alguns softwares apenas, mas se alguém quiser discutir mais a fundo, posso citar vários outros bugs muito feios que vejo em outros softwares, além do desrespeito da empresa com seus usuários.

Publicado em 7 de novembro de 2013 | 16 Comentários

Ivan Brasil Fuzzer

Ivan Brasil Fuzzer

Faço parte do grupo Tchelinux(http://www.tchelinux.org). O Tchelinux é um grupo de voluntários que trabalha com software livre e ainda acredita que boas coisas podem ser feitas nesta comunidade; desde que saibamos repassar aos que estão iniciando que Software Livre é um aprender e repassar o conhecimento incessante. Sou líder do Ubuntu-BR-RS juntamente com a Marta Vuelma. Tentamos divulgar a distribuição e auxiliar novos usuários por todo o estado do Rio Grande do Sul, as vezes em outros estados também. Sou um amante incondicional de software livre. Vivo apaixonado pelo Ubuntu.

Mais posts do autor (856)

16 Comentários

  1. jo santos disse:

    Cara, vc disse tudo exatamente como eu penso… XD

  2. Daniel disse:

    Pois é Ivan, realmente os software da google estão piorando, mais só para nós usuário de sistemas Linux, se você for utilizar qualquer uma destes mesmo programas no sistema do Tio Bill e da M$ o ruindows, esses software pegaram muito bem, e sinceramente eu acho que isso é um complô, e como bem sabemos que ela tá envolvida no esquema de espionagem junto com a M$ e NSA, podemos dizer que ambas são parceiras e querem que nós fiquemos presos ao velho SO Ruindows da M$, e não que passemos para sistemas como Linux ou BSD’s. O jeito é procurarmos alternativas aos serviços da Skynet/Google, ou criarmos um sistema novo para usuários de Linux/ BSD, o que acha?

    • Leandro disse:

      Acho que você viajou legal. Se o google quisesse priorizar o Windows ele não estaria criando o próprio SO (ChromeOS). Eu utilizo os serviços do Google e acho que eles funcionam melhor do que qualquer outra alternativa na maioria dos casos. E se o Google (ou qualquer outra empresa) da mais atenção para o Windows é porque a maior parte do usuários hoje está lá. Alias, não entendi o que tem haver a qualidade do Hangouts tem haver com NSA.

    • Scheldon disse:

      Das poucas vezes que testei os softwares do Google do Windows 8.1 eles não funcionaram melhor que em outras plataformas (Engraçado que no proprio android já vi bugs e conflitos no gmail, navegador padrão e maps), alem do mais no mundo Windows essistem alternativas muito superiores, nem teria porque o Google tentar competir ali.

  3. Realmente os softwares do Google ultimamente estão trollando os usuários, como bem citado no post pelo Ivan, o navegador Google Chrome “engana” os usuários, tanto que voltei a definir o Firefox como navegador padrão, que por sinal está muito rápido nas últimas versões, principalmente para Linux.

  4. iberê disse:

    Concordo com o seu post. O Google influencia até no desenvolvimento do chromium-browser. Não vou desdobrar aqui. Basta ler as listas e grupos públicos.

    Foi justamente por ser um “memory pig” que o time do Lubuntu deixou de usar o chromium-browser como default. Agora usamos o Firefox que se se provou mais leve nos testes.

    Abs.

    • Ignacio disse:

      O problema quanto ao Chromium é que o desenvolvimento dele é feito majoritariamente por gente de dentro do Google, logo o Google tem de fato forte influência em cima dele. Repare que até para reportar um bug no Chromium você tem que ter uma conta do Google. E o curioso é que se você vai na página do Chromium existe mais incentivo para que você use o Chrome do que o Chromium. Enfim, coisas do Google.

  5. Antonio Carlos disse:

    Para quem vem do mundo linux, como nós, acostumados a fuçar no sistema e deixá-lo do jeito que gostamos, fica difícil aceitar esse relacionamento passivo com o Android.

    Uso mas não me acostumo!

  6. Daniel disse:

    Também fiquei chateado com a “obsolescência programada dando suporte de 18 meses a aparelhos” quando vi que o meu Galaxy Nexus não seria atualizado, principalmente após ver que Ubuntu touch não funciona adequadamente neste hardware também (Como noticiado pelo OMGUbuntu e lido nos comentário dos tickets do launchpad que o GNexus “já mostra sinais da idade”, bem não é o que eu vejo aqui com Android 4.3 e nem o que é mostrado em um vídeo comparativo de todos os smartphones da linha Nexus).

  7. Ignacio disse:

    Gostaria de comentar três coisas:

    “O google chrome é um software que jogou no lixo o sistema de versionamento, lançando uma nova versão a cada pixel que muda de lugar.”

    Bom, eu não vou ficar me posicionando aqui se eu sou conta ou a favor desse sistema de versionamento. Essa é uma política já conhecida e quem não gosta, sabe o que tem que fazer.

    De qualquer forma, o Chrome as vezes faz mudanças estruturas dentro de uma mesma versão, e é esse é um dos motivos pelo qual eu não vou muito com a cara dele.

    Só antes de continuar com um comentário, talvez eu possa ser considerado um tanto suspeito, já que meu navegador padrão é o Chromium.

    “Além disso, engana seus usuários dizendo que usa pouca memória, enquanto se divide em vários processos que consomem o dobro ou até o triplo da concorrência. Velocidade, apenas quem quer consegue ver isto como vantagem, pois ela não está lá.”

    Eu não me lembro de ter visto alguma vez no material de marketing que o Chrome consome pouca memória. Ele diz ser mais rápido, o que é uma coisa diferente e não relacionada diretamente ao consumo de memória. A divisão em vários processos vem da ideia de que um site com problemas deve no máximo travar a aba na qual ele está rodando, e não o navegador inteiro.

    “O Android, que era o que eu ainda defendia um pouco, agora declarou a obsolescência programada dando suporte de 18 meses a aparelhos, uma verdadeira piada.”

    Olha, no dia em que eu for comprar um smartphone eles já deverão estar a preço de banana e certamente será apenas pelo desgaste do meu celular atual, um Motorola W388. Eu também acho nojenta essa política de atualização do Android. Só espero que o Firefox OS não seja assim também (se for, pra onde iremos correr?)

Deixe seu comentário

Website