Evangelizados e não evangelizados

Categoria: Ubuntu | Palavras-chave:

As últimas discussões sobre a atual comunidade de software livre em geral me fez parar para pensar um pouco. Primeiro tivemos o texto do Anahuac, depois foi a vez de Andre Machado. Depois tivemos um editorial do Br-Linux e eu também me expressei em vídeo.

Durante o FISL 15 houve uma discussão sobre o assunto e logo após assistir ao vídeo eu comecei a escrever este texto com as ideias que me passaram pela cabeça.

Não vou dizer o que cada um quis dizer em suas falas, incluindo os comentários da plateia no final, vou falar o que o vídeo me passou, o que pode ser diferente para cada pessoa.

O extremismo de algumas pessoas continuou claro, mas a principal mensagem que retirei da discussão é que existem pessoas evangelizadas e pessoas não evangelizadas, mas nem todos estão conseguindo ver essa diferença.

Enquanto um grupo parece apenas enxergar os evangelizados, outro grupo faz questão de enxergar os não evangelizados. Os não evangelizados são as pessoas que estão no facebook, google+ e qualquer outra rede social dita como diabólica, devassa, ou rede de idiotas.

Já pensou se Stallman tivesse a ideia do software livre e de suas 4 liberdades e ficasse só para ele? Isso teria acontecido se não fosse a vontade de evangelizar, de levar os ideais para quem ainda não os conhece. Para levar estes ideais para algum lugar, é necessário ir onde ele ainda não está, não adianta ficar gritando no meio do deserto se não tem ninguém para te ouvir. Vá até as multidões para levar a sua palavra.

Para mim ainda ficou claro o ideal DITADOR. “Faça o que eu falo ou você não presta”.

Para concluir, fica o que eu sempre falo no início das palestras que ministro.

“Quando me perguntam por que devem utilizar software livre, eu respondo, você não deve, você pode.”

Publicado em 14 de maio de 2014 | 12 Comentários

Ivan Brasil Fuzzer

Ivan Brasil Fuzzer

Faço parte do grupo Tchelinux(http://www.tchelinux.org). O Tchelinux é um grupo de voluntários que trabalha com software livre e ainda acredita que boas coisas podem ser feitas nesta comunidade; desde que saibamos repassar aos que estão iniciando que Software Livre é um aprender e repassar o conhecimento incessante. Sou líder do Ubuntu-BR-RS juntamente com a Marta Vuelma. Tentamos divulgar a distribuição e auxiliar novos usuários por todo o estado do Rio Grande do Sul, as vezes em outros estados também. Sou um amante incondicional de software livre. Vivo apaixonado pelo Ubuntu.

Mais posts do autor (856)

12 Comentários

  1. Rubemn Luiz disse:

    Ah, a liberdade e a democracia. É a liberdade de escolher se alinhar à opinião do Stallman, ou do Shuttleworth, ou do Torvalds. E como toda democracia típica, a discussão não leva em conta detalhes técnicos, só a “paixão”.

    É tipo a ilusão democrática nas eleições, você tem a liberdade de optar por um dos 2 candidatos, com “tantas opções” fica difícil escolher (Mas o pior é o excesso de paixão e a falta de dados técnicos nas discussões)

    Parece futebol, pura paixão e irracionalidade… pra piorar é capaz de alguém criar uma competição entre as distros e ambientes *nix a cada 4 anos num país diferente.

    Mas falando serio, acho que essa passionalidade é derivada da liberdade. Usuarios de MacOS ou de Windows não tem opção, ou eles aceitam o sistema novo ou ficam com um defasado, que logo deixará de rodar aplicativos recentes, mais cedo ou mais tarde precisa aderir às mudanças. Com Android parece que está assim, por mais que alguém reclame de alterações não consegue fazer muita coisa pra manter o modo de uso que estava acostumado. No mundo *nix todo usuario tem noção do que pode alterar, ele sabe que poderia ser feito (Nem sempre sabe como fazer), me parece que é uma passionalidade mais embasada que as brigas entre usuarios de maçãs e janelas.

  2. Tux disse:

    Eu participava de uma comunidade no face sobe software livre e alguém postou um tópico sobre como resgatar o windows usando um pendrive com o Ubuntu, O moderador do grupo achou “anti-ético” usar Software livre pra reparar micros com windows..Argumentei que um profissional de informatica poderia fazer isso e também fazer propaganda do linuxe o moderador simplesmente excluiu o tópico.Esse é o tipo de gentem, na minha opinião que atrasa a adoção e divulgação do linux no país.

  3. Loki disse:

    “Usuarios de MacOS ou de Windows não tem opção, ou eles aceitam o sistema novo ou ficam com um defasado, que logo deixará de rodar aplicativos recentes, mais cedo ou mais tarde precisa aderir às mudanças.”

    Como assim, você ficou louco? Aplicativos que rodam no windows 8 também rodam no windows xp, são 15 anos de retro compatiblidade.

    Agora pega o Linux Mint 16, que roda o cinnamon 2.0. O desenvolvedor do mesmo já informou que o cinnamon 2.2 irá rodar apenas no Linux Mint 17, e não haverá backport para as versões anteriores, ou seja, se você quiser usar o cinnamon 2.2, terá que fazer o upgrade para o Mint 17.

    Depois disso você ainda diz que usuários do windows são obrigados a mudar de versão por causa de compatibilidade? Já sei, você é um evangelizado que só enxerga distorcidamente.

    • Preciso corrigir, nem todos os aplicativos que rodam no windows 8 rodam no XP e o mesmo vale para Linux. Depende muito de como os aplicativos são desenvolvidos.

      • Loki disse:

        Sim, nem todos, mas você há de concordar que a compatibilidade é bem melhor do que qualquer distribuição Linux subsequente. O exemplo do cinnamon que citei ocorre entre 2 versões lançadas com menos de 1 ano de diferença, é extremamente pouco tempo para gerar uma falta de compatibilidade entre aplicativos. Pegue como exemplo também o Mint 13 com o Mint 16: o primeiro não tem nem 5 anos de existência e está totalmente defasado, só recebendo atualizações de segurança. Já o Windows XP durou aproximadamente 15 anos com usabilidade mais do que satisfatória. Como o próprio Linus Torvalds comentou numa entrevista, Linux para desktop nunca irá vingar. Isso pode ser devido ao excesso de distribuições, ou ao excesso de DEs, pois fica complicado manter a compatibilidade de tudo o tempo inteiro. O que falta na comunidade não é mais uma distro que faz a mesma coisa do que centenas já fazem, mas sim a comunidade unir-se para diminuir a fragmentação e desenvolver 1 DE definitiva e matadora, 1 distro para desktop que resolva todos os problemas das centenas de distros, 1 editor de vídeos matador que seja páreo para o Adobe Premiere, etc. O que quero dizer é que quantidade não é qualidade, os desenvolvedores precisam se unir para dividir o trabalho e tocarem projetos que realmente sejam bons adiante. Se todos programam por prazer, hobbie ou ideologia, unam-se e façam 1 projeto decente, dividam as tarefas entre si para não haver sobrecarga dos membros, e assim teremos programas ou serviços de qualidade, onde o suporte possa ser estendido à todas as outras distros.

    • Rubemn Luiz disse:

      Java 8 não é mais instalavel no XP, a maioria dos bancos ainda está aceitando acesso via Java 7 mas isso deve mudar em poucas semanas. E tem outros serviços que não rodam no java 7, só no 8.
      Aplicativos que usam algumas versões de dotnet recente também não são instalaveis no XP, MSN 15 ou 16 não rodava no XP a um bom tempo (Antes do serviço fechar, e ele tinha features diferente no 14, 15 e 16, o basico que é chat, audio, video e troca de arquivos funciona).
      Office 2013 não funciona no XP, nem no Vista (E se usar o OneDrive você só pode fazer o download via XP, não tem como alterar e retornar o arquivo compartilhado).
      E o mais basico, alguns antivirus estão deixando de ser instalaveis no XP. Antes só não era possível no SP2, cada mes mais um AV está deixando de rodar no XP (E isso é um problema serio pra usuario comum, eles baixam adwares aos montes. Alias… IE8, o mais recente no XP, não permite um mooooonte de extensões de segurança, só tem versões mais pobres (Tipo o Adblock).

      Então… quem usa o XP (Eu, por exemplo) está sem acesso a alguns serviços, se esses serviços forem fundamentais (Acesso a banco via Java 8, pra mim) precisa atualizar pra Win7 ou Win8.

      No meu Suse 9.2 consigo acessa os bancos tranquilamente (Mas não uso CEF, banco de aposentado… parece que ela é bem chata com acesso), no XP só alguns bancos por enquanto, logo todos que usam Java vão exigir Java 8, logo, o XP será inútil pra mim e pra uns 50 clientes meus (Que tem hardware tipo Celeron D420 e 1GB de DDR2-533 com HD Sata150, carroça demais pra win7, vai ter que trocar um hardware perfeitamente usavel por que o Java mais recente não roda num SO velho de jeito nenhum. Linux sempre tem um jeitinho)

  4. Bruno disse:

    O que eu vi nesse debate foi o pessoal xiita da bancada tomando um pau da platéia.
    Se eu fosse o Anahuac eu me isolava e nunca mais apareceria em público como defensor de SL, nem ele nem os outros.
    Foi triste o que eu vi.

  5. A atitude dessa cambada não condiz com as atitudes do FSF.

    https://www.fsf.org/blogs/community/freejs-reddit

    Muitos do pessoal que programava, criava e documentava os que faziam jus ao movimento saiu fora ficou só estes pseudos políticos com os discursos sem qualquer solução. A plateia foi até educada com tanta merda (não tem como descrever de outra maneira) que falaram principalmente o autor do jeguepanel.

    Eu gostaria de saber se tem alguém que represente bem o movimento no Brasil?

  6. Italo disse:

    Boa Tarde, sei que este não é o tópico para tal dúvida, mas não achei outro que se aproximasse. É o seguinte:

    Ao tentar instalar o Flash e o ttf-mscorefonts-installer no Ubuntu 14 apresenta a seguinte mensagem:

    Falha ao baixar arquivos de dados adicionais

    Os seguintes pacotes solicitaram o download de dados adicionais após a instalação do pacote, mas os dados não puderam ser baixados ou não puderam ser processados.

    flashplugin-installer
    ttf-mscorefonts-installer

    O download será tentado novamente mais tarde, ou você pode tentar baixar novamente agora. A execução deste comando demanda uma conexão à Internet ativa.

    Alguma solução? Já usei terminal, synaptique,repositório ubuntu extra e nada deste flash instalar e ttf-mscorefonts-installer. Alguma sugestão

    Desde já, grato.

Deixe seu comentário

Website